Dólar fecha em queda influenciado pela decisão de corte na Arábia Saudita

LinkedIn

O dólar comercial fechou em queda de 0,15% sendo cotado a R$ 5,26 para venda e a R$ 5,25 para compra.

O mercado de câmbio brasileiro experimentou mais um dia de amplas oscilações, que terminou com o dólar zerando fortes ganhos de mais cedo e ficando em leve queda, em meio à recuperação de ativos de risco no mundo após um início de pregão mais fraco.

Entre a máxima e a mínima, o dólar futuro andou 10,1 centavos de real, depois de ter variado 17,05 centavos de real na véspera, o maior spread desde 9 de novembro.

A queda do dólar é contida por incertezas domésticas, a notícia de que a Arábia Saudita decidiu por um corte adicional de um milhão de barris por dia em sua produção de petróleo surpreendeu os mercados, disparou os preços da commodity, puxou as bolsas e derrubou o dólar em escala global, com queda de 0,47% do índice DXY (89,443 pontos) e recuperação das moedas dos emergentes.

A virada dos mercados ocorreu a despeito das preocupações com o segundo turno na Geórgia, que definirá o comando do Senado dos EUA, e da nova onda da pandemia, que já levou vários países da Europa a decidirem maiores restrições. No Brasil, a valorização do real é contida pelas incertezas políticas e fiscais neste início de 2021, acentuadas pela crise da Saúde e a indefinição da campanha de vacinação

Às 17h36 o dólar futuro de fevereiro (BMF:DOLG21) estava sendo negociado em alta, R$ 5,2672 para compra e R$ 5,2729 para venda.

Data Compra Venda Variação Variação
04/01/2021 5,2671 5,2681 1,53% 0,0794
05/01/2021  5,2598 5,2603 0,148  0,0078

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,26
🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,81
🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,73

Acompanhe como foi a evolução do dólar nos últimos seis meses:


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da Reuters e BDM)

Deixe um comentário