Dow Jones sobe com o aumento do petróleo e eleições da Geórgia

LinkedIn

As ações subiram na terça-feira (05), recuperando algumas de suas perdas acentuadas do pregão anterior, com os investidores montando suas apostas por uma forte recuperação econômica global.

O Dow Jones Industrial Average subiu 0,59%. O S&P 500 avançou 0,71% e o Nasdaq Composite ganhou 0,95%.

A Boeing (BA, BOEI34) foi a ação com melhor desempenho no Dow Jones, com alta de 4,3%. As ações de energia avançaram 6,9% depois que a Arábia Saudita concordou com cortes voluntários de produção em fevereiro e março. A Chevron (CVX, CHVX34) subiu 3,2%. A notícia também fez com que os futuros do petróleo dos EUA subissem 4,9%, quebrando brevemente acima de US$ 50 por barril pela primeira vez desde fevereiro.

O Institute for Supply Management disse que seu índice de manufatura subiu para 60,7 em dezembro, de 57,5 ​​em novembro. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam que o índice chegasse a 57.

O cobre – tradicionalmente visto como um indicador importante da economia global – disparou mais de 2% e atingiu seu nível mais alto em quase oito anos.

Os movimentos de terça-feira ocorreram após uma queda acentuada das ações na segunda-feira. Todas as três principais médias caíram mais de 1% no pregão anterior.

Os investidores também anteciparam duas eleições importantes na Geórgia, que determinarão se os republicanos conseguirão manter o controle no Senado. Muitos temem que o aumento das taxas de impostos e políticas mais progressistas possam pesar no mercado se os democratas ganharem o controle do Senado.

No entanto, tal resultado poderia criar uma oportunidade para um pacote de gastos maior e mais rápido.

Enquanto isso, o aumento dos casos da Covid-19 em todo o mundo e as novas restrições de lockdown continuaram a manter os investidores nervosos. Mais de 85 milhões de casos de Covid-19 foram confirmados globalmente, incluindo 20,8 milhões nos EUA, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

Na segunda-feira, a Inglaterra impôs um terceiro lockdown por coronavírus enquanto a região luta com uma variante mais transmissível da Covid-19. O estado de Nova York confirmou seu primeiro caso da nova cepa, disse o governador Andrew Cuomo na segunda-feira.

Deixe um comentário