Intelbras comunica que IPO pode movimentar R$ 1,24 bilhão

LinkedIn

A empresa catarinense de segurança eletrônica Intelbras, informou sobre o cronograma de sua oferta inicial de ações (IPO), com faixa estimada de preço da operação fixada em R$ 15,25 a R$ 19,25 por ação.

A empresa fez o comunicado nesta quarta-feira (13).

A operação pode movimentar R$ 1,24 bilhão, considerando a venda integral do lote base e o ponto médio da faixa indicativa.

A oferta será primária, quando os recursos vão para o caixa da empresa, e secundária, quando os acionistas atuais vendem parte de seus papéis.

O lote inicial das ações primárias é composto de 46 milhões de ações, com a possibilidade de um adicional de 14,4 milhões de ações.

Na oferta secundária, serão 26 milhões de ações, com a possibilidade de lote adicional de 10,8 milhões de papéis.

A precificação deve acontecer em 2 de fevereiro e a ação será negociada sob o ticker #INTB3.

A empresa diz que usará os recursos da venda de ações novas para aquisições, expandir sua capacidade industrial, ampliar soluções de software e hardware e expandir canais de varejo. Atuais acionistas também venderão participação no negócio.

A oferta será coordenada por BTG, Citi, Itaú BBA e Santander.

Nos nove primeiros meses deste ano, a receita operacional líquida totalizou R$ 1,463 bilhão, representando um aumento de 20,2% quando comparada ao mesmo intervalo de 2019. O lucro foi de R$ 121,210 milhões, com expansão de 2,6%.

A família Freitas, do fundador Diomício Freitas, detém 89,1% da companhia. Outro acionista relevante é a chinesa Dahua, com uma fatia de 10%.

Deixe um comentário