Mercados em stand-by, com um olho em Washington e outro no COVID-19

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam sem direção nesta quarta-feira, à medida que os investidores observavam os desenvolvimentos face ao coronavírus.

O governo japonês deve expandir o estado de emergência para mais áreas na quarta-feira, de acordo com relatos da mídia local, após o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga declarar recentemente estado de emergência em Tóquio e em três outras áreas em uma tentativa de conter o aumento das infecções por coronavírus no país.

Enquanto isso, as autoridades chinesas em regiões próximas a Pequim estão intensificando as restrições à atividade social após um aumento de novos casos de coronavírus.

No Japão, o Nikkei avançou 1,04%, enquanto o índice Topix subiu 0,35%.

Na China Continental, com o composto de Xangai caiu 0,27%, enquanto o Shenzhen Component caiu 0,61%.

O índice Hang Seng de Hong Kong recuou 0,15%. As ações da Lenovo listadas em Hong Kong saltaram mais de 10% depois que a fabricante chinesa de PCs disse que planeja listar ações no Conselho de Inovação Científica e Tecnológica de Xangai.

O Kospi da Coreia do Sul subiu 0,71%, fechando em 3.148,29 pontos.

As ações da Austrália subiram no dia, com o S & P / ASX 200 avançando 0,11%, para 6.686,60 pontos. Entre as mineradoras, BHP subiu 0,2% e Rio Tinto recuou 0,6%. As produtoras de petróleo tiveram um dia altamente positivo. Santos subiu 3%, enquanto Woodside Petroleum disparou 5,3%.

O índice MSCI para ações da Ásia-Pacífico exceto Japão avançou 0,55%.

EUROPA: As bolsas europeias operam de forma mista nesta manhã de quarta-feira, enquanto os investidores monitoram o lançamento de vacinas e medidas de contenção do coronavírus na região. Nesse interim, os bloqueios foram estendidos na Alemanha e na Holanda.

O pan-europeu Stoxx 600 abriu em alta de 0,15%, com as ações de petróleo e gás e telecomunicações liderando os ganhos, enquanto os bancos caem.

O índice pan-europeu virou para baixa e recua 0,23%, o alemão DAX 30 perde 0,20%, o francês CAC 40 recua 0,01%, enquanto o IBEX 35 da Espanha e o FTSE MIB da Itália, perdem 0,15% e 0,18%, respectivamente.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,12%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American cai 0,3%, Antofagasta recua 0,6%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto sobem 0,2% cada. Entre as produtoras de petróleo, BP sobe 0,6% e Royal Dutch Shell avança 0,3%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA operam entre ligeiras alta e baixas nas negociações matinais de quarta-feira, após uma sessão em que as ações alternaram entre ganhos e perdas.

As bolsas americanas fecharam com poucas mudanças na terça-feira, com os investidores digerindo possível aumento de juros, medidas de estímulo adicionais e turbulência política em Washington.

O Dow Jones Industrial Average subiu 60 pontos, ou 0,19%, para 31.068,69 pontos. O Nasdaq Composite encerrou o dia com alta de 0,28% e o S&P 500 subiu 0,04%, para 3.801,19 pontos. Enquanto isso, o rendimento do Tesouro de 10 anos foi negociado brevemente a 1,18%, seu nível mais alto desde março.

Diante da alta, o Credit Suisse recomendou que os investidores privilegiem os setores pró-cíclicos, incluindo financeiro e de energia. O aumento das taxas de juros pode prejudicar as ações ligadas ao crescimento econômico, no entanto, os pesos-pesados ​​de tecnologia, incluindo Facebook e Apple, caíram durante a sessão de terça-feira.

A expectativa de estímulo fiscal adicional é uma das razões por trás do movimento constante de alta dos rendimentos. O presidente eleito Joe Biden deve divulgar detalhes sobre seu plano econômico na quinta-feira.

Após a sessão morna de terça-feira, os principais índices permanecem e baixas na semana após a queda de segunda-feira. O Nasdaq Composite registra o pior desempenho, caindo cerca de 1% nas últimas duas sessões. O ponto positivo é o indice Russell 2000, que agrega smalls caps que subiu 1,7% até agora nesta semana.

O foco em Washington continua. O vice-presidente Mike Pence disse na noite de terça-feira que não removerá o presidente Donald Trump do cargo. Isso foi dito antes da Câmara, controlada pelos democratas, aprovar uma resolução instando Pence e o Gabinete a expulsar Trump da Casa Branca depois que ele incitou o motim da semana passada no Capitólio.

Os casos da Covid também continuam aumentando nos Estados Unidos. Os EUA estão registrando pelo menos 248.650 novos casos de Covid-19 e pelo menos 3.223 mortes relacionadas ao vírus a cada dia, com base em uma média de sete dias usando dados da Universidade Johns Hopkins.

Mesmo assim, muitos dizem que os EUA estão prontos para voltar a crescer ainda este ano.

Na agenda econômica, às 10h30 será divulgado o CPI. Às 12h30 será a vez dos estoques semanal de petróleo dos EUA, enquanto às 16h00 será divulgado o Livro Bege do FED, ao mesmo tempo que será divulgado o balanco do orçamento federal

ÍNDICES FUTUROS – 7h55:
Dow: -0,03%
SP500: -0,05%
NASDAQ: +0,03%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: +0,10%
Brent: +0,16%

WTI: +0,32%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Deixe um comentário