Presidente do BCE, Christine Lagarde, pede regulamentação global do Bitcoin

LinkedIn

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE), acredita que o Bitcoin deve ser regulamentado globalmente, por se tratar de um ativo “altamente especulativo”.

A fala da economista foi lançada na segunda-feira (11), durante participação na conferência Reuters Next.

Segundo Lagarde, a principal criptomoeda do mercado realizou “alguns truques e algumas atividades de lavagem de dinheiro interessantes e totalmente repreensíveis”.

“Deve haver regulamentação. Isso precisa ser aplicado e acordado… em nível global”, declarou a presidente do BC Europeu.

Segundo ela, “se houver uma saída, essa saída será usada” e, portanto, “uma ação multilateral é altamente necessária”.

Lagarde sugeriu ainda que a iniciativa poderia ser iniciada pelo G7, movida para o G20 e então ampliada, e frisou que essa situação “é algo que precisa ser resolvido.

Os países do G7 são Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos. No mês passado, eles publicaram um comunicado pressionando por regulamentação no mercado cripto.

Steven Mnuchin, porta-voz do secretário do Tesouro dos EUA, disse que isso “é uma necessidade”.

“Bitcoin não é moeda”

A presidente do BC Europeu comentou ainda sobre o preço do bitcoin e sua recente temporada de alta.

Para ela, a criptomoeda que saiu de cerca de US$ 10.500 em outubro do ano passado, para US$ 42.000 no início de janeiro, “é um ativo altamente especulativo”.

“Para aqueles que presumiram que isso poderia se tornar uma moeda. Sinto muito, mas isso é um ativo”, declarou.

Por Viviane Nogueira

Deixe um comentário