Banco do Brasil: funcionários entram em greve em reação ao fechamento de agências, desligamentos de profissionais e descomissionamentos de funções

LinkedIn

Os funcionários do Banco do Brasil decidiram paralisar suas atividades hoje e entrar em estado de greve, depois da realização de uma assembleia virtual, informa o site do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

A medida é uma reação ao fechamento de agências, ao desligamento de profissionais e descomissionamento de funções e, segundo a entidade, foi aprovada por 87% dos trabalhadores do banco.

Os bancários já realizaram atos nos dias 15 e 21 de janeiro. Em 29 de janeiro, foi realizada uma paralisação de 24 horas.

O aumento da digitalização bancária é o principal argumento do governo federal para colocar em prática a reestruturação, mas o processo “exclui as camadas mais vulneráveis”, disse a dirigente sindical e bancária do BB, Adriana Ferreira.

“Ao tomar essa decisão, a direção do banco está tirando o atendimento dessas pessoas de renda mais baixa e atacando diretamente o papel do BB de indutor da economia, principalmente para a micro e pequenas empresas”, afirmou ela.

Deixe um comentário