Braskem fecha contrato de prestação de serviços com a Transpetro, subsidiária da Petrobras.

LinkedIn

A Braskem fechou contrato de prestação de serviços com a Transpetro, subsidiária da Petrobras, pelo valor de R$ 203 milhões e de acordo com a companhia o contrato tem vigência até 31 de dezembro de 2025.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BRKM5), nesta terça-feira (09). Confira o documento na íntegra.

Segundo a Braskem, o contrato trata da descarga de navios tanque no Terminal Aquaviário de Madre de Deus, armazenagem em tanques, transporte dos produtos através do duto denominado ORMADRE que liga o TEMADRE até a Refinaria Landulfo Alves de Mararipe, e transporte dutoviário de nafta no Terminal Madre de Deus até as instalações do carregador localizada no município de Camaçari/BA.

O prejuízo líquido atribuído aos acionistas é de R$ 1,4 bilhão

Braskem teve um prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 1,413 bilhão no terceiro trimestre de 2020, o que representa uma alta de 59% no comparativo com o mesmo período do ano passado. O resultado se deu devido à provisão adicional de R$ 3,5 bilhões em virtude do problema geológico em Alagoas e do impacto da variação cambial, dada a depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida, no montante de US$ 2,679 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente somou R$ 3,765 bilhões, uma alta de 129%. A margem Ebtida ficou em 24%, uma alta de 11 pontos percentuais. A receita líquida da petroquímica marcou R$ 15,992 bilhões no período, desempenho 20% superior em relação ao terceiro trimestre de 2019.

Deixe um comentário