Confira os Indicadores Econômicos desta quarta-feira (03/02/2021)

LinkedIn

Confira os principais indicadores econômicos desta quarta-feira (03/02/2021), em destaque os estoques de petróleo nos Estados Unidos tiveram recuo de 994 mil barris, a 475,659 milhões de barris, na semana encerrada no dia 29.

Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,86% em janeiro, acelerando frente ao acréscimo de 0,79% verificado em dezembro, mas perdendo força em relação à alta de 0,92% registrada na terceira quadrissemana do mês passado, segundo dados publicados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Nos 12 meses até janeiro, o IPC-Fipe acumulou inflação de 6,22%.

Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Brasil de janeiro mostra que o crescimento da produção do setor privado foi interrompido no começo de 2021, com o indicador passando de 53,5 pontos em dezembro para 48,9 pontos no primeiro mês deste ano, informou nesta quarta-feira, 3, a IHS Markit.

O indicador do setor de serviços também registrou queda em contração em janeiro, passando de 51,1 em dezembro para 47,0 nesta leitura. Segundo a nota da IHS Markit, a descida do indicador teve relação com “a combinação de excedente de capacidade e estratégias de redução de custos”, além de “aumento de preços em equipamentos de proteção individual (EPI) e itens de higiene se traduziam em um aumento acentuado em despesas gerais, que foram parcialmente repassadas aos clientes via aumentos nos preços de venda”.

O PMI da indústria, divulgado na segunda-feira, foi o único a permanecer acima dos 50 pontos (de 61,5 em dezembro para 56,5 em janeiro), mas desacelerou ao menor nível desde junho.

Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) subiu 10,55% em janeiro ante dezembro, informou nesta quarta-feira, 3, a instituição. O indicador passou de 263,38 pontos para 291,18 pontos.

Para efeito de comparação, o BC também divulga em seu documento o indicador internacional de commodities, o CRB, que avançou 8,29% na mesma relação mensal. A alta do IC-Br na margem em janeiro foi resultado direto do avanço dos três segmentos que compõem o indicador: Agropecuária (+11,34%), Metal (+7,20%) e Energia (+11,24%).

Europa

desaceleração econômica da zona do euro se aprofundou em janeiro, quando novas restrições para conter a disseminação do coronavírus atingiram fortemente a indústria de serviços dominante no bloco, compensando o desempenho robusto dos fabricantes, mostrou uma pesquisa na quarta-feira.

Os casos de coronavírus aumentaram novamente e os governos de todo o continente renovaram medidas rígidas de bloqueio, reprimindo a vida pública e forçando os locais de hospitalidade e entretenimento a fecharem suas portas.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,9% na comparação anual de janeiro, revertendo queda de 0,3% observada em dezembro, segundo dados preliminares divulgados nesta quarta-feira pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat.

O resultado ficou bem acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam acréscimo anual de 0,5% do CPI no mês passado.

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,8% em dezembro ante novembro, segundo dados publicados nesta quarta-feira pela Eurostat, como é conhecida a agência oficial de estatísticas da União Europeia.

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da Alemanha, que engloba os setores de serviços e industrial, caiu de 52 em dezembro para 50,8 em janeiro, segundo pesquisa final divulgada hoje pela IHS Markit.

Somente o PMI de serviços da Alemanha recuou de 47 em dezembro para 46,7 em janeiro, com a leitura abaixo de 50 indicando contração no setor, e ficou um pouco abaixo da estimativa preliminar, de 46,8.

índice de gerentes de compras de serviços do Reino Unido caiu de 49,4 em dezembro para 39,5 em janeiro, atingindo o menor nível em oito meses, segundo dados finais divulgados nesta quarta-feira pela IHS Markit em parceria com a CIPS.

O PMI composto britânico, que engloba serviços e indústria, diminuiu de 50,4 para 41,2 no mesmo período, igualmente tocando o menor patamar em oito meses. Também neste caso, contudo, a estimativa preliminar havia sido menor, de 40,6.

Estados Unidos

setor privado dos Estados Unidos criou 174 mil empregos em janeiro, segundo pesquisa com ajustes sazonais divulgada nesta quarta-feira, 3, pela ADP. O número ficou bem acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam criação de 50 mil postos de trabalho no último mês.

O ganho superou a estimativa de 50.000 de economistas consultados pela Dow Jones e melhorou em relação à queda de 78.000 em dezembro, um número que foi revisado a partir da queda inicialmente relatada de 123.000.

Os negócios relacionados a serviços representaram 156.000 do ganho total, liderados por saúde e assistência social com 48.000 e serviços profissionais e empresariais com 40.000.

Os estoques de petróleo nos Estados Unidos tiveram recuo de 994 mil barris, a 475,659 milhões de barris, na semana encerrada no dia 29, informou nesta quarta-feira, 3, o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês). Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam queda de 300 mil barris.

Os estoques de gasolina aumentaram 4,467 milhões de barris, a 252,153 milhões de barris, ante expectativa de avanço de 900 mil barris. Os estoques de destilados recuaram 9 mil barris, a 162,838 milhões de barris, quando a previsão era de queda de 600 mil barris.

índice de atividade industrial do setor de serviços dos Estados Unidos medido pelo Instituto para Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês) aumentou de 57,7 em dezembro para 58,7 em janeiro, contrariando a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam queda a 57,0.

No período, o índice de emprego medido pelo ISM no período subiu de 48,7 para 55,2. O de preços teve recuo marginal de 64,4 para 64,2.

 

Ásia

O Índice de Gerentes de Compras composto da China desacelerou de 55,8 em dezembro para 52,2 em janeiro, informaram a IHS Markit e a Caixin. Como continuou acima dos 50 pontos, o indicador ainda representa expansão da atividade em relação ao mês anterior.

O PMI dos serviços arrefeceu de 56,3 em dezembro para 52,0 em janeiro, com o menor ritmo de crescimento da atividade em nove meses. Na indústria chinesa, o índice cedeu de 53,0 para 51,5.

Deixe um comentário