MMX tomou conhecimento de decisão da ANM aprovando a averbação do do Distrato do Contrato de Arrendamento de Concessão de Lavra

LinkedIn

A MMX Mineração e Metálicos informou que tomou conhecimento hoje de decisão da Agência Nacional de Mineração, aprovando a averbação do Distrato do Contrato de Arrendamento de Concessão de Lavra, referente aos direitos minerários da Mina Emma, firmado em 28 de dezembro de 2018, entre a Sociedade Brasileira de Imóveis e a anterior administração da MMX.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:MMXM3), nesta quarta-feira (24).

A MMX esclarece “que a averbação do Distrato reconhece o retorno dos direitos de exploração mineral da Mina Emma à SBI, que por sua vez havia cedido em 21 de dezembro de 2018 os direitos de exploração à Vetorial. A cessão dos direitos minerários sobre a Mina Emma da SBI à Vetorial, embora já requerida pela Vetorial, ainda não foi averbada pela ANM”.

A atual administração da MMX “contesta judicialmente a validade do Distrato sobre os direitos de exploração da Mina Emma, e pretende continuar atuando com o objetivo de reaver os direitos de exploração sobre a referida mina”.

A MMX Mineração e Metálicos pretende divulgar os resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020 no dia 31 de março.

Deixe um comentário