Banco do Brasil: atual diretor da BB Administradora de Consórcios é indicado para presidência do banco

LinkedIn

O Ministério da Economia vai encaminhar para análise do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade do Banco do Brasil, o nome de Fausto de Andrade Ribeiro para ocupar o cargo de presidente do banco.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BBAS3) nesta quinta-feira (18).

Fausto é o atual diretor da BB Administradora de Consórcios.

O Banco do Brasil  informou que André Guilherme Brandão renunciou ao cargo de presidente.

O executivo havia sido escolhido para a presidência do Banco do Brasil em agosto de 2020. O presidente Jair Bolsonaro estava insatisfeito com Brandão. Entre os motivos, está o fato de Bolsonaro não ter gostado de anúncio do BB de que fecharia agências e abriria dois Programas de Demissão Voluntária.

Servidor de carreira do Banco do Brasil desde 1988, o futuro presidente assumirá o cargo em 1º de abril. Ele será o terceiro presidente da instituição no atual governo, depois de Rubem Novaes, que ficou no cargo de janeiro de 2019 a setembro de 2020, e de Brandão.

Indicado pelo ministro Paulo Guedes e pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Fausto Ribeiro tem passagens como gerente executivo em diretorias e em projetos específicos do Banco do Brasil. De maio de 2013 a junho de 2016, foi diretor geral da unidade do BB na Espanha.

Ribeiro ocupou a Gerência Executiva da Unidade de Canais de junho de 2016 a fevereiro de 2019 e a Gerência Executiva da Diretoria de Contadoria de março de 2019 a agosto de 2020. Desde setembro do ano passado, era diretor-presidente da subsidiária encarregada da área de consórcios.

Graduado em direito e em administração de empresas, o futuro presidente do BB tem MBA Executivo em Finanças no Ibmec e pós-graduação em economia no Programa Minerva, na Universidade George Washington, nos Estados Unidos.

Lucro do BB soma R$ 13,8 bilhões em 2020, queda de 22,2%

Banco do Brasil (BB) registrou lucro líquido ajustado de R$ 13,884 bilhões em 2020, queda de 22,2% em relação a 2019 com impacto da pandemia.

Os resultados do Banco do Brasil referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Segundo o BB, o lucro foi influenciado, principalmente, pelo aumento da PCLD ampliada em 47,6%, impactada, principalmente, pela antecipação de provisões prudenciais que somaram R$ 8,1 bilhões. Apesar disso, o Resultado Estrutural cresceu 5,9% o que demonstra a resiliência do desempenho operacional no período.

Destaques positivos em 2020 foi o aumento da margem financeira bruta em 5,1%, Despesas Administrativas estáveis com variação de 0,1% e queda do risco legal em 51,1%. O RSPL foi de 12,0%.

(Informações Finance News)

Deixe um comentário