Bom dia ADVFN - Bolsonaro assina Medida Provisória que institui Auxílio Emergencial - (19/03/2021)

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  19 de Março de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

advfn img
As Bolsas mundiais, os mercados mundiais operam sem direção única no fechamento da semana, com perdas expressivas em quase todo o continente asiático.

Na Ásia, as principais bolsas asiáticas fecharam em sua maioria com quedas, reverberando a tendência de venda de ações nos Estados Unidos na quinta. O índice CSI 300 da China despencou após novos indícios de que a relação EUA X China deve seguir com severas dificuldades também na gestão Joe Biden. O Topix do Japão subiu e o Nikkei 225 afundou depois que o Banco do Japão disse que vai concentrar as compras de fundos negociados em bolsa no antigo indicador (Topix). A decisão de política do Banco do Japão também incluiu a especificação de uma banda de negociação flexível de 25 pontos base de cada lado de sua meta de 0% para o rendimento de 10 anos.

Na Europa, as bolsas europeias operam em baixa, com a alta de juros dos títulos do Tesouro nos Estados Unidos, aceleração de contaminações por Covid e anúncio de novas medidas de lockdown na Europa pressionando os preços do petróleo. O índice Eurostoxx, que reúne os papéis de 600 empresas de todos os principais setores de 17 economias europeias, teve queda. O setor automotivo liderou as perdas, o único setor a não entrar em território negativo foi o de serviços. No início do mês, a Alemanha estendeu as medidas de lockdown até 28 de março. Na segunda, a Itália voltou a implementar medidas. Pela manhã desta sexta, Paris anunciou o estabelecimento de novas medidas de lockdown. O primeiro-ministro da França, Jean Castex, afirmou que parece cada vez mais provável que uma “terceira onda” de infecções esteja acometendo o país. Após a análise dos casos, a diretora da instituição, Emer Cooke afirmou na quinta que o comitê de segurança chegou a uma “conclusão científica clara”, e não encontrou sinais de que a vacina AstraZeneca e Universidade de Oxford teve associação com aumento de risco de coágulos sanguíneos.

Nos Estados Unidosos índices futuros mantêm tendência de alta no momento. Os rendimentos de títulos do Tesouro subiram 0,11 ponto percentual na quinta-feira (18), superando a marca de 1,75% pela primeira vez desde janeiro de 2020; pela manhã, os juros desses títulos recuam a 1,689%. O Nasdaq é especialmente exposto a ações do setor de tecnologia, que tendem a ser mais afetadas por elevações nos rendimentos de títulos do Tesouro. Os preços do petróleo também estão no foco dos investidores, após uma forte queda na quinta. Os barris tipo WTI (West Texas Intermediate) e Brent se desvalorizaram mais de 7%. A queda nos preços ocorreu após a perspectiva sobre a demanda de petróleo cru ser reduzida, com informações sobre aceleração de infecções por coronavírus e a implementação de medidas de lockdowns na Europa.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\Z21) estão sendo negociados a US$60,72, alta de  1,17%. O Brent (NYMEX:BZ) também opera em alta de 1,01%, negociado a US$ 63,92.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 58.725,37.  O ouro (COMEX:GC\Z20) é negociado a US$ 1.742,90 por onça-troy.

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 3,47%, cotados a 1042 iuanes, equivalente hoje a US$ 160,16.

Coronavírus

Na quinta 18, a Agência Europeia de Medicamentos divulgou um novo relatório a respeito da segurança da vacina desenvolvida em parceria entre AstraZeneca e Universidade de Oxford, após serem apontados cerca de 30 casos de coágulos sanguíneo e baixa contagem de plaquetas entre pessoas que haviam recebido a vacina. Após a análise dos casos, a diretora da instituição, Emer Cooke afirmou que chegou a uma “conclusão científica clara”, e não encontrou sinais de que a vacina teve associação com aumento de risco de coágulos sanguíneos. Mas afirmou que a agência identificou “um pequeno número de casos raros e anormais, mas muito sérios, de transtornos de coagulação”. Cooke disse que a agência não poderia “descartar definitivamente uma ligação entre esses casos e a vacina”.

O mundo registra 121.594.617 de casos de coronavírus e 2.686.444 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

O Brasil vacinou  10.725.474 pessoas contra a COVID-19.

No Brasil o número de pessoas que não resistiram à covid-19 subiu para 287.499. Em 24 horas, foram registradas 2.724 mortes. Foi o 2º dia com mais óbitos, atrás apenas do recorde de terça-feira (16), quando foram acrescidas às estatísticas 2.841 vidas perdidas.  O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 11.780.820. O total de casos confirmados em um dia foi o 3º mais alto desde o início da pandemia, com 86.982. As informações estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite do dia 18.

O Ministério da Saúde considera a região Sul o epicentro da crise sanitária no país. Diante deste cenário, os governadores Carlos Moisés (PSL), de Santa Catarina, Ratinho Jr. (PSD), do Paraná, e Eduardo Leite (PSDB), do Rio Grande do Sul, solicitaram à pasta que seus estados tenham prioridade na disponibilização de vacinas contra a Covid-19. Além disso, os três governadores decidiram unir forças para combater o coronavírus. Eles fizeram um acordo para formar uma espécie de “sistema interestadual de saúde”.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou na quinta-feira (18) a antecipação de cinco feriados a partir da próxima sexta-feira (26). A medida visa diminuir a circulação de pessoas nas ruas para frear a transmissão do novo coronavírus. Os dois feriados municipais deste ano (Corpus Christi e Dia da Consciência Negra) e os três do ano que vem (os mesmos e o Aniversário da Cidade) serão movidos para os dias 26, 29, 30, 31 de março e 1º de abril. De acordo com Covas, somando-se o feriado nacional do dia 2 de abril (Paixão de Cristo), serão dez dias de folga em que os paulistanos devem permanecer em casa.

Prefeitos de sete cidades do Grande ABC, na região metropolitana de São Paulo, enviaram pedido ao governador João Doria (PSDB) para que seja adotado um lockdown em toda a região como medida para conter a disseminação do novo coronavírus. Prefeitos de outras doze cidades do Alto Tietê também pediram medidas mais restritivas do que as implementadas atualmente.

Brasil

A dificuldade de abastecer os estoques de oxigênio medicinal no mesmo ritmo do agravamento da pandemia da covid-19 tem preocupado Estados e prefeituras. Em municípios, a maioria do interior, já há relatos de desabastecimento, empréstimo de cilindros entre cidades e até transferência de pacientes que precisam do insumo. Em audiência pública no Senado na quinta-feira, 18, o general Ridauto Lúcio Fernandes, assessor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, admitiu que o País está com risco iminente de desabastecimento em municípios do interior. “A expectativa da falta perigosa desses produtos na ponta da linha, nos pequenos hospitais, é de poucos dias”, declarou.

Poderes

O governo federal publicou em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) a Medida Provisória 1.039, que recria o auxílio emergencial a vulneráveis. O benefício será pago a 45,6 milhões de brasileiros, em quatro parcelas com valores entre R$ 150 e R$ 375 cada. As regras são mais rigorosas e não haverá novo cadastro para quem eventualmente ficou de fora do programa em 2020, mas agora precisaria da ajuda. Embora a MP tenha sido editada na quinta, 18, o governo já antecipou que os pagamentos devem começar apenas em abril.

Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a exploração insustentável de recursos da Floresta Amazônica é sintoma de “um sistema econômico de baixa produtividade e com perspectivas limitadas à curto prazo”. “O desenvolvimento sustentável da Amazônia deve ser parte de um esforço mais amplo de aumento de produtividade, melhoria da infraestrutura e do ambiente de negócios”, defendeu em participação gravada para a 61ª Assembleia de Governadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que ocorreu na quinta-feira (18). A ideia do ministro é alcançar esse esforço mais amplo por meio da agenda de reformas estruturais. “Reconhecemos que a floresta representa um patrimônio que deve ser cuidado para usufruto das gerações atuais e futuras, produzindo bens e serviços ambientais que beneficiem a população local, o Brasil e o mundo”, observou.

Confira a agenda:

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

(Japão): Banco do Japão – Decisão de taxa de juros (00h01)
(Alemanha): Índice de Preços ao Consumidor mensal e anual (04h00)
(EUA): Contagem de sondas Baker Hughes (15h00)
Proventos Hoje:
Data “Com” – Nenhuma ação negociada como data “Com”…
Data “Ex” – Nenhuma ação negociada como data “Ex”…
Pagamento – Nenhum pagamento agendado para hoje…
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice  encerrou a quinta-feira em baixa de 1,47%, fechando a 114.835,43 pontos, na mínima, o Ibovespa ficou em 116.750,66 e na máxima foi a 116.301,95 pontos. O volume financeiro somou  R$ 32,2 bilhões.

O Ibovespa encerrou o pregão em linha com o desempenho negativo das ações em Nova York. A queda no exterior foi amparada por uma nova disparada nos rendimentos dos Treasuries, que avançaram para 1,721% no título com vencimento para 10 anos. Os investidores seguem ampliando as vendas nos títulos da dívida pública norte-americana diante das expectativas de inflação. Ontem, o Federal Reserve projetou a inflação nos EUA em 2021 para 2,4%.

Maiores altas do Ibovespa

SANB11: +2,77% a R$ 40,88
BBDC3: +1,85% a R$ 23,15
BBDC4: +1,85% a R$ 26,47
SBSP3: +1,61% a R$ 42,20
SULA11: +1,54% a R$ 36,38

Maiores baixas do Ibovespa

PRIO3: -8,60% a R$ 88,20
GOLL4: -7,53% a R$ 21,36
MGLU3: -6,93% a R$ 22,28
BTOW3: -5,11% a R$ 61,25
YDUQ3: -4,99% a R$ 27,23

Dólar    

dólar comercial: o dólar fechou a quinta-feira, em baixa de -0,30% sendo cotado a R$ 5,569 para venda e a R$ 5,569 para compra, terceira queda consecutiva na semana.

O dólar operou em baixa desde a abertura, no ajuste ao Copom mais hawkish e na contramão da alta ante a maioria dos emergentes e também das moedas rivais. Mas já no fechamento, havia reduzido a queda da mínima.

A aposta de que os juros mais altos poderiam atrair o capital estrangeiro e ajudar a sustentar o câmbio é abalada pelo cenário feio do Brasil, com a pandemia fora de controle, que arrisca uma deterioração maior do quadro fiscal, além de mudar as perspectivas para a economia.

Ifix   

IFIX , o índice operou em queda pelo quarto dia seguido e fechou o pregão na mínima de 2.808,71 pontos, negativo em 0,30%. A máxima para o dia no índice foi de 2.819,58 pontos. No desempenho mensal, o índice registra queda de 2,70%. Já no acumulado de 2021, recua 2,14%. A movimentação financeira foi de R$ 225,55 milhões.

FII: Confira as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de março

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário