Bom dia ADVFN - Senado aprova PEC Emergencial e Payroll nos EUA na agenda - (05/03/2021)

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  05 de Março de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

advfn img
As Bolsas mundiais, os mercados mundiais operam em baixa, com alta de juros de títulos do Tesouro americano após fala do presidente do Fed e dia de payroll.

Na Ásia, as bolsas fecharam em sua maioria em baixas. Os comentários de Powell afetaram especialmente ações do setor de tecnologia. Os papéis da Xiaomi caíram 3,74%. As ações caíram na Coreia do Sul e fecharam próximas da estabilidade na China, onde as autoridades estabeleceram uma meta “conservadora” de crescimento superior a 6% para 2021, o que sinaliza políticas monetárias e fiscais moderadas. Os rendimentos dos títulos australianos subiram, acompanhando a venda maciça de títulos de 10 anos nos EUA, que elevou a curva de juros ao seu ponto mais alto desde 2015.

Na Europa, as bolsas europeias têm tendência de baixa. O índice Eurostoxx, que reúne papéis de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, recua 0,84%. A União Europeia planeja ampliar o seu controle sobre exportações de vacinas contra a covid, após bloquear um carregamento de imunizantes da farmacêutica AstraZeneca à Austrália. As informações são da agência internacional de notícias Reuters. Além disso, o primeiro-ministro das Finanças da Alemanha, Olaf Scholtz, afirmou que a maior economia europeia precisará de um orçamento suplementar em 2021 para financiar custos adicionais devido à pandemia.

Nos Estados Unidosos índices futuros operam em baixa neste momento. Após a fala do presidente do Fed, Jerome Powell, na quinta-feira (4) não trazer tranquilidade quanto à tendência de alta de juros de títulos do Tesouro americano com vencimento em dez anos. Os juros voltaram a subir, pressionando as bolsas globais. Os movimentos desses papéis vem ganhando destaque no noticiário desde a semana passada, quando os juros dos títulos com vencimento em dez anos chegaram a 1,6%. Após os comentários, os juros dos títulos do Tesouro americano com vencimento em dez anos voltaram a subir acima de 1,5%, nesta sexta, estão em 1,54%. O Senado dos EUA votou pela aprovação de um projeto de lei de alívio de US $ 1,9 trilhão apoiado pelo presidente Joe Biden, iniciando um debate que deve terminar neste fim de semana com a aprovação do sexto estímulo no país, desde os bloqueios provocados pela pandemia que começaram há um ano. O relatório de emprego dos EUA (payroll) de fevereiro, a ser divulgado nesta sexta-feira, fornecerá uma atualização sobre a velocidade e direção da recuperação do mercado de trabalho do país. Os preços do petróleo dispararam depois que a aliança OPEP + surpreendeu os investidores com sua decisão de manter a produção inalterada.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\Z21) estão sendo negociados a US$65,10, alta de +2,01%. O Brent (NYMEX:BZ) também opera em alta de +2,16%, negociado a US$ 68,18.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 46.916,20.  O ouro (COMEX:GC\Z20) é negociado a US$ 1.691,40 por onça-troy.

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 3,26%, cotados a 1127,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 173,97.

Coronavírus

O mundo registra 115.467.624 de casos de coronavírus e 2.565.369 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

O Brasil vacinou  7.114.219 pessoas contra a COVID-19.

No Brasil o Ministério da Saúde divulgou mais 1.699 vítimas confirmadas nas últimas 24 horas, ultrapassando na quinta-feira (4) a marca de 260 mil mortes por Covid-19.  Ao todo, 260.970 brasileiros perderam a vida para a doença causada pelo novo coronavírus —o segundo maior total em todo o mundo, atrás somente dos Estados Unidos. O número de óbitos registrado na quinta é o segundo maior desde o início da pandemia. A cifra é menor apenas que a verificada na quarta-feira (3), quando 1.910 novas mortes entraram na contagem. O total de novos casos também foi o segundo mais alto, de 75.102. O recorde foi em 7 de janeiro, quando 87.843 diagnósticos foram reportados. Com a atualização, o país acumula 10.793.732 infecções.

O novo cronograma de entrega de doses de vacina contra a Covid-19 apresentado pelo Ministério da Saúde revela um atraso na chegada ao Brasil de doses prontas do imunizante de Oxford/AstraZeneca, previstas para o mês de março. Em fevereiro, a pasta anunciou que chegariam 4 milhões de doses prontas nos próximos dias e mais 4 milhões em abril. Agora, a tabela atualizada pelo ministério mostra que não há mais previsão para as doses prontas da vacina chegarem em março, momento que o Brasil enfrenta o cenário mais grave da pandemia.

O número de internações de crianças com a Covid-19 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) vem aumentando nos hospitais públicos e privados de São Paulo.  O setor de pediatria do Hospital Israelita Albert Einstein internou desde o início da pandemia 80 crianças. Apenas uma precisou de intubação. A média mensal de internações chega a quatro, mas logo depois do período de festas de fim de ano, entre dezembro e janeiro, o hospital dobrou a taxa de ocupação de leitos em UTI. O Hospital Santa Catarina tem 16 leitos de UTI pediátricos e chegou a uma taxa de ocupação de 56%.Já o Sabará Hospital Infantil tem diagnosticado todos os dias pelo menos três crianças com o novo coronavírus. Em janeiro, a instituição registrou um pico de internações: 22%, a maior desde o início da pandemia.Nos hospitais públicos, a taxa de ocupação ultrapassou 80%. O Hospital Infantil Cândido Fontoura ultrapassou a marca de 76,5% de taxa de ocupação de leitos. Já no Municipal Infantil Menino Jesus, o aumento foi de 56,63%, e no Hospital Municipal da Criança e do Adolescente aumentou 86,41%.

Brasil

Na cúpula do Ministério da Saúde, a expectativa é que o Brasil atravesse nas próximas duas semanas o pior momento da pandemia. Em sua projeção, o número de mortes irá a 3 mil/dia nesse período. A piora é atribuída à circulação de novas variantes do coronavírus, ao iminente colapso do sistema hospitalar em todo o país, à lentidão da vacinação e à baixa adesão da população às medidas de isolamento social.

Poderes

Após desidratar o texto e fazer diversas concessões, o governo conseguiu aprovar ontem, no Senado, a proposta de emenda à Constituição (PEC) emergencial e o dispositivo que limita em R$ 44 bilhões os gastos com o novo auxílio emergencial. O texto segue para a Câmara.

Economia

A proposta de emenda à Constituição (PEC) Emergencial representa um compromisso com a saúde e a economia, disse ontem (4) o ministro da Economia, Paulo Guedes. Em vídeo gravado ao lado do relator do texto, senador Márcio Bittar (MDB-AC), o ministro comemorou a aprovação do texto pelos senadores e agradeceu aos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arthur Lira.

Confira a agenda:

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

(Brasil): Produção industrial mensal e anual (09h00) *
(Brasil): Produção de veículos Anfavea mensal (10h00)
(EUA): Relatório de Emprego Payroll (10h30) *
(EUA): Taxa de desemprego mensal (10h30)
(EUA): Ganhos salariais por hora mensal e anual (10h30) *
(EUA): Quantidade média de horas trabalhadas (10h30)
(EUA): Balança comercial mensal (10h30)
(EUA): Contagem de sondas Baker Hughes (15h00)
(EUA): Federal Reserve – Discurso do diretor Raphael Bostic (17h00) *
Proventos Hoje :
Data “Com” – Nenhuma ação negociada como data “Com”…

Data “Ex” – Ultrapar (UGPA) negociada como data “Ex”…

Pagamento – Fleury (FLRY) agendado para hoje…

Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice  encerrou a quinta-feira em alta de 1,4%, fechando a 112.690,17 pontos, na mínima, o Ibovespa ficou em 111.433,38 e na máxima foi a 114. pontos. O volume financeiro somou R$ 47,9 bilhões.

O Ibovespa terminou o dia em alta com a aprovação em segundo turno da PEC Emergencial no Senado garantindo o retorno não apenas do auxílio emergencial, mas também do apetite por riscos do mercado. O texto segue agora para a Câmara dos Deputados, onde deve ser votada na próxima quarta (10), também em dois turnos.

Maiores altas do Ibovespa

CSNA3: +8,68% a R$ 89,00
HGTX3: +8,62% a R$ 16,00
RAIL3: +7,36% a R$ 19,85
BRDT3: +6,79% a R$ 20,29
UGPA3: +6,20% a R$ 19,35

Maiores baixas do Ibovespa

GOLL4: -5,02% a R$ 19,47
WEGE3: -4,90% a R$ 73,23
HAPV3: -3,72% a R$ 15,55
BPAC11: -3,41% a R$ 98,84
BRAP4: -3,10% a R$ 62,81

Dólar    

dólar comercial: o dólar fechou a quinta-feira, em baixa de 0,108 sendo cotado a R$ 5,6582 para venda e a R$ 5,6572 para compra, chegando a operar em alta na última hora de negócios depois de passar a sessão inteira em queda, com a pressão do cenário externo neutralizando repercussão positiva da aprovação da PEC Emergencial com limites de gastos, que aliviou temores sobre a trajetória das contas públicas.

Ifix   

IFIX , o índice de quinta (4) seguiu em tendência de queda pelo quinto dia seguido, fechando a sessão negativo em 0,04%, aos 2.847,69 pontos. Na mínima do dia, o índice bateu em 2.845,70 pontos, enquanto a máxima foi de 2.854,65 pontos. No acumulado de 2020, o IFIX registra queda de 1,03%. A movimentação financeira foi de R$ 211,11 milhões.

FII: Confira as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de março

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM.

Deixe um comentário