BRF aprova montante de R$ 50 milhões para contribuir com o combate da pandemia

LinkedIn

A BRF aprovou a doação de alimentos, medicamentos, insumos médicos, equipamentos e apoio a fundos de pesquisa e desenvolvimento social incluindo apoio logístico, em montante equivalente a R$50 milhões, aproximadamente, para contribuir com os esforços de combate aos efeitos da pandemia de Covid-19.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BRFS3) nesta quarta-feira (31). Confira o documento na íntegra.

No Brasil, a ação alcançará hospitais, Santas Casas, organizações de assistência social e profissionais de saúde nos estados e municípios, além de apoio ao sistema de saúde federal. A iniciativa contempla ações em 15 estados brasileiros onde a BRF possui unidades produtivas, centros de distribuição e escritórios corporativos, incluindo instituições que atendam populações vulneráveis em situações agravadas pela pandemia, tais como famílias de baixa renda, asilos de idosos, locais de acolhimento para crianças e jovens, e famílias em geral.

Além disso, a empresa prevê a doação de insumos hospitalares e equipamentos médicos, como ventiladores, oxigênio e leitos de UTI, que serão destinados a secretarias municipais, estaduais e entidades de saúde. Também está previsto o fomento a outras ações de desenvolvimento social e na área da saúde, visando contribuir com soluções para os desafios impostos pelo agravamento da pandemia.

Como uma empresa global, a Companhia estenderá esta iniciativa para os países onde possui unidades produtivas, como Turquia e Emirados Árabes Unidos.  Todas as doações serão objeto de avaliação e monitoramento pelo Comitê de Doações e Patrocínios, em conexão com o Instituto BRF, de forma a assegurar o adequado controle do processo, tal como realizado pela Companhia até o momento.

Adicionalmente, a BRF permanece envidando todos os esforços necessários para sustentação das atividades produtivas e garantir o abastecimento, com a adoção de novos protocolos e medidas de prevenção para proteger seus colaboradores e terceiros. Dessa forma, a Companhia reforça seu propósito, cidadania corporativa e comprometimento com ações para amenizar os impactos da pandemia, bem como manterá seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados acerca de quaisquer iniciativas adicionais em relação ao presente comunicado.

Lucro líquido de R$ 1,39 bilhão em 2020, alta de 14,6%

A BRF registrou lucro líquido de R$ 1,39 bilhão, elevação de 14,6% em relação a 2019, quando faturou R$ 1,21 bilhão.

A receita líquida cresceu 18% em 2020, para R$ 39,47 bilhões, ante R$ 33,44 bilhões em 2019. O ebitda recuou 2,5% na mesma comparação, para R$ 5,18 bilhões.

4T20

A processadora de carnes BRF teve lucro líquido de R$ 902 milhões no quarto trimestre, acima da média das expectativas dos analistas de R$ 572 milhões, com impulso da forte demanda da China e no Brasil. A alta foi de 30,8% em relação aos R$ 690 milhões em igual período de 2019.

O Ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de R$ 1,496 bilhão, excluindo efeitos fiscais, o que veio em linha com a previsão dos analistas.

A receita líquida teve alta de 23,5%, para R$ 11, 47 bilhões. No Brasil, a companhia aumentou a receita líquida em 25,8%, para R$ 6,39 bilhões. O ebitda ajustado aumentou 30,9%, para R$ 1,1 bilhão, enquanto a margem aumentou 0,7 ponto percentual ante ao trimestre anterior, para 17,2%.

Deixe um comentário