Eletrobras autoriza pagamento de dividendos no valor de R$ 1,5 bilhão

LinkedIn

O Conselho de Administração da Eletrobras aprovou a proposta de destinação do resultado referente ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2020, incluindo os dividendos obrigatórios de 25% do lucro líquido ajustado, que comporá a proposta da administração a ser deliberada pela Assembleia Geral Ordinária de Acionistas, prevista para ser realizada no dia 27 de abril de 2021.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:ELET3) (BOV:ELET5) (BOV:ELET6) na sexta-feira (19). Confira o documento na íntegra.

Os dividendos propostos no valor de R$ 1.507.138.670,19, na data base de 31 de dezembro de 2020 deverão ser distribuídos conforme abaixo:

  • R$ 152.524,04 serão distribuídos aos acionistas titulares de ações preferenciais da classe “A” de emissão da companhia, sendo, portanto, equivalente a R$ 1,03814345290052 por ação, na data base de 31 de dezembro de 2020;
  • R$ 290.619.325,38 serão distribuídos aos acionistas titulares de ações preferenciais da classe “B” de emissão da companhia, sendo, portanto, equivalente a R$ 1,03814345290052 por ação, na data base de 31 de dezembro de 2020;
  • R$ 1.216.366.820,78 serão distribuídos aos acionistas titulares de ações ordinárias de emissão da companhia, sendo, portanto, equivalente a R$ 0,94376677536411 por ação, na data base de 31 de dezembro de 2020.

Os valores de dividendos que forem aprovados e declarados na Assembleia Geral Ordinária serão atualizados com base na variação positiva da taxa SELIC, pro rata temporis, desde 01 de janeiro de 2021 até a data do efetivo pagamento.

Caso aprovados pela Assembleia Geral Ordinária, os dividendos serão pagos em data a ser deliberada pelos acionistas na assembleia prevista para ser realizada em 27 de abril de 2021, sendo proposto pela administração, no entanto, que ocorra até 31 de dezembro de 2021.

A Eletrobras divulgou os resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020 no dia 19 de março. 

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020

Lucro líquido de R$ 1,269 bilhão no 4T20

A Eletrobras registrou um lucro líquido de R$ 1,269 bilhão no 4T20, queda de 44% na comparação com os R$ 2,273 bilhões apurados no mesmo intervalo de 2019, conforme valores reapresentados pela companhia seguindo orientação dos órgãos reguladores. Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou negativo em R$ 299 milhões no quarto trimestre, ante os R$ 3,239 bilhões reportados mesmo período de 2019. A margem Ebitda caiu de 42% para -3% em um ano.

A receita operacional líquida somou R$ 9,013 bilhões entre os meses de outubro e dezembro, acima dos R$ 7,706 bilhões nos mesmos meses do ano anterior, alta de 17%, influenciada principalmente pela receita de transmissão impulsionada pela revisão tarifária.

O resultado financeiro ficou positivo em R$ 425 milhões, ante R$ 30 milhões negativos um ano antes, influenciado principalmente pela exposição da companhia à variação cambial.

(Informações Finance News)

Deixe um comentário