Even pretende pagar dividendos no montante de R$ 166,8 milhões

LinkedIn

O Conselho de Administração da Even aprovou submeter à apreciação da assembleia geral ordinária a proposta de distribuição de dividendos no valor total de R$ 116.863.165,34.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:EVEN3) na sexta-feira (19). Confira o documento na íntegra.

Esse valor corresponde a 100% do lucro líquido ajustado, na forma prevista no estatuto social, do exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2020, no valor de R$ 13.949.501,41; totalidade dos lucros decorrentes do IPO e reorganização societária da Melnick Desenvolvimento Imobiliário, sociedade controlada pela Even, no valor de R$ 88.857.870,50 e a totalidade do saldo da Reserva de Retenção de Lucros, no valor de R$ 14.055.793,43.

Caso a proposta da administração seja aprovada pela assembleia geral ordinária, prevista para o dia 28 de abril de 2021, terão direito aos dividendos os acionistas titulares de ações da companhia na data da assembleia.

Desse modo, se for aprovada a proposta da administração de distribuição de dividendos, as ações serão negociadas ex-dividendos a partir do dia 29 de abril 2 de 2021, inclusive.

A administração propõe que os dividendos a serem declarados na assembleia geral ordinária sejam pagos até o dia 28 de maio de 2021.

“Mais informações sobre a proposta de distribuição de dividendos constarão da proposta da administração para a assembleia geral ordinária a ser oportunamente divulgada pela companhia, nos termos e prazos da legislação aplicável”, afirmou a Even.

Prejuízo líquido de R$ 89,273 milhões no 4T20

A construtora Even registrou prejuízo líquido de R$ 89,273 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo o lucro de R$ 30,580 milhões no mesmo período do ano anterior. Por outro lado, a companhia somou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 133,830 milhões, com crescimento de 3,36 vezes o indicador do mesmo intervalo de 2019.
(Informações Fiance News e Estadão)

Deixe um comentário