Ouro fecha em baixa pressionado pela valorização do dólar

LinkedIn

O ouro fecha em queda nesta quinta-feira, com os rendimentos mais baixos do Tesouro dos EUA, aumentando o apelo do metal não produtivo e escondendo a pressão do fortalecimento do dólar.

Ouro para abril fechou em queda de -0,46%, cotado a US$ 1.725,10 a onça-troy na Comex. O metal é pressionado pela valorização da moeda americana.

Também a queda persistente dos contratos futuros de petróleo contribuem para o cenário de baixa do metal, que poderia ser ainda pior se não fosse a interrupção parcial do comércio, esta semana causada pelo encalhamento de um cargueiro no Canal de Suez.

Os rendimentos de referência do Tesouro dos EUA continuaram a cair, traduzindo-se em menor custo de oportunidade de manter o ouro, após escalar os máximos de um ano na semana passada.

“Eu não acho que (o ouro) tenha muito mais desvantagem e os comerciantes estão procurando um fundo no fato de que os rendimentos de curto prazo e a alta do dólar não são sustentáveis”, disse Bob Haberkorn, estrategista de mercado sênior, RJO Futures.

A prata subiu 0,2% para US$ 25,13 a onça, tendo caído anteriormente para uma baixa de mais de dois meses de US$ 24,39. O paládio subiu 0,4% para US$ 1.172,04 e a platina ganhou 0,4% para US$ 2.646,31.

(Com informações da CNBC e BDM)

Deixe um comentário