S&P 500 salta 1,04% para um recorde enquanto Biden assina novo estímulo; Nasdaq sobe 2,52%

LinkedIn

As ações dos EUA subiram para recordes na quinta-feira (11), com a retomada das ações de tecnologia, enquanto a assinatura de estímulo fiscal adicional deu um novo impulso ao mercado.

O S&P 500 subiu 1,04% para atingir um recorde histórico, seu primeiro recorde desde 16 de fevereiro. O Dow Jones Industrial Average somou 192 pontos, ou 0,60%. O Nasdaq Composite saltou 2,52%.

Tesla subiu 4%. Apple, Facebook e Netflix saltaram pelo menos 2%, enquanto as ações da Amazon, Alphabet e Microsoft também subiram.

As ações de tecnologia e crescimento estão se recuperando de uma correção rápida desencadeada pelo aumento das taxas de juros. Taxas mais altas fazem com que os lucros em anos distantes pareçam menos atraentes para os investidores e podem derrubar ações com avaliações relativamente altas.

O Nasdaq Composite mergulhou em território de correção na segunda-feira, somando uma queda de mais de 10% de sua alta recente. Agora, o benchmark de tecnologia está cerca de 5% abaixo de seu recorde.

O presidente Joe Biden sancionou um pacote de ajuda de US$ 1,9 trilhão na tarde de quinta-feira. O plano enviará pagamentos diretos de até US$ 1.400 para a maioria dos americanos e também colocará quase US$ 20 bilhões em vacinas Covid-19 e US$ 350 bilhões em ajuda estadual, local e tribal.

A Casa Branca disse na quinta-feira que os cheques de estímulo podem começar a chegar às contas bancárias neste fim de semana.

O rendimento do Tesouro de 10 anos, que havia recuado de sua alta recente de 1,6%, teve pouca alteração em 1,52% na quinta-feira.

A reabertura econômica, associada a estímulos fiscais adicionais, acelerou a rotação para setores mais cíclicos, como o de energia. O setor de energia S&P 500 foi o maior vencedor deste ano, com aumento de 40% até agora.

Diante dos dados, os investidores aplaudiram uma leitura ligeiramente melhor do que o esperado sobre os pedidos de seguro-desemprego semanais. O Departamento de Trabalho informou que os primeiros pedidos de seguro-desemprego na semana encerrada em 6 de março totalizaram 712.000 com ajuste sazonal, abaixo da estimativa do Dow Jones de 725.000.

As ações de chips se recuperaram na quinta-feira, depois que a associação comercial de semicondutores da China formou um novo grupo de trabalho para trabalhar com suas contrapartes americanas para aliviar as recentes tensões comerciais entre os dois países. Nvidia (NVDA, NVDC34) e Broadcom (AVGO, AVGO34) saltaram 4%, enquanto Xilinx (XLNX, X1LN34) e AMD (AMD, A1MD34) saltaram 6,6% e 5,3%, respectivamente.

Deixe um comentário