Advanced Micro Devices (AMD, A1MD34): Visão geral do balanço do primeiro trimestre de 2021

LinkedIn

A Advanced Micro Devices (NASDAQ:AMD) divulgou ganhos modestamente melhores do que esperado no primeiro trimestre na terça-feira (27) após o fechamento do pregão, e prevê vendas sólidas no curto prazo em meio à melhora na demanda de chips e preços mais fortes vinculados à escassez global de semicondutores.

A AMD disse que o lucro não-GAAP para os três meses encerrados em março chegou a US$ 0,45 centavos por ação, um aumento de 150% em relação ao mesmo período do ano passado e um centavo a mais que a previsão do consenso de Wall Street de US$ 0,44 centavos por ação.

As receitas do grupo, aumentaram 92,7% para US$ 3,45 bilhões, novamente superando as previsões dos analistas de US$ 3,2 bilhões, enquanto as margens brutas ficaram estáveis ​​em 46%, mas 1 ponto base acima do quarto trimestre graças em parte a “uma maior combinação de Vendas de processadores Ryzen, Radeon e EPYC”.

Para todo o ano financeiro de 2021, a AMD disse que vê as receitas crescendo 50% em relação aos níveis de 2020, indicando um total de cerca de US$ 14,65 bilhões.

Olhando para o trimestre atual, a AMD disse que vê receitas na região de US$ 3,6 bilhões, com uma faixa de mais ou menos US$ 100 milhões, e uma margem bruta não-GAAP de 47%. A previsão de receita se compara à estimativa coletada pelo Refinitiv de US$ 3,29 bilhões.

“Nosso negócio continuou a acelerar no primeiro trimestre, impulsionado pelo melhor portfólio de produtos da nossa história, forte execução e forte demanda do mercado”, disse a CEO Dra. Lisa Su. “Tivemos um excelente crescimento de receita ano a ano em todos os nossos negócios e a receita do data center mais que dobrou”.

“Nossa maior orientação para o ano inteiro destaca o forte crescimento que esperamos em nossos negócios com base na crescente adoção de nossos produtos de computação de alto desempenho e na expansão dos relacionamentos com os clientes”, acrescentou ela.

A AMD também é negociada na B3 através da BDR (BOV:A1MD34).

As ações da AMD, que fecharam a US$ 85,21 cada após cair 0,23% no pregão, subiram 3,95% após o fechamento, para indicar um preço de abertura de quarta-feira de US$ 88,50 cada, um movimento que reduziria a queda acumulada das ações no ano para cerca de 3,5%.

Fontes: The Street, CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário