Bolsas operam com pequenas oscilações, após um dia sem brilho em Wall Street

LinkedIn

ÁSIA: Os mercados asiáticos fecharam sem direção definida nesta quarta-feira, após um dia sem brilho em Wall Street.

O ASX 200 da Austrália terminou a sessão em alta de 0,61%, a 6.928,0 pontos, seu maior fechamento desde 24 de fevereiro do ano passado, quando as ações estavam nos estágios iniciais da queda livre da pandemia, com empresas de tecnologia, imobiliária e energia impulsionando a quarta sessão consecutiva de ganhos. É apenas a segunda vez que o benchmark termina acima de 6900 pontos desde que o coronavírus limpou 39% da bolsa no mercado de urso mais íngreme da história. As principais ações bancárias reverteram perdas iniciais e terminaram no azul. Entre as mineradoras, BHP recuperou-se das fortes perdas iniciais mas ainda terminou em baixa de 0,4%, Fortescue Metals recuou 0,6%, mas Rio Tinto conseguiu fechar com alta de 0,7%. Entre as produtoras de petróleo, Santos subiu 2,1% e Woodside Petroleum avançou 0,8%.

No Japão, o Nikkei fechou em alta de 0,12% em 29.730,79 pontos, enquanto o índice Topix subiu 0,67% para 1.967,43 pontos.

O Kospi da Coreia do Sul avançou 0,33% para 3.137,41 pontos. As ações da Samsung Electronics caíram 0,47% depois que a fabricante de chips e smartphones estimou o lucro operacional para o trimestre em 9,3 trilhões de won coreanos (US $ 8,3 bilhões) nos primeiros três meses de 2021, um aumento de 44% em relação ao ano anterior. A empresa não divulgou o detalhamento, que vence no final deste mês.

O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,91% na volta às negociações depois de permanecer fechado desde sexta-feira.

No continente, o composto de Xangai terminou em baixa de 0,10%, em 3.479,63 pontos, enquanto o Shenzhen Component caiu 0,74% para 13.979,31 pontos.

EUROPA: As bolsas europeias oscilam entre altas e baixas nesta quarta-feira, com os investidores digerindo os movimentos do mercado global, particularmente a retração no mercado dos EUA na terça-feira e as últimas atualizações de crescimento do Fundo Monetário Internacional.

O índice Stoxx Europe 600 cai 0,23%, com o setor bancário liderando os ganhos, após alta de 0,7% na terça-feira, quando levou a um recorde de fechamento de 435,26 pontos.

O alemão DAX 30 oscila entre pequenas altas e baixas após renovar seu recorde de 15.212,68 pontos. O CAC 40 francês avança 0,04%, enquanto

o FTSE MIB da Itália e o IBEX 35 da Espanha caem 0,19% cada.

Em Londres, o FTSE 100 avança 0,62%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 0,3%, BHP adiciona 1,2%, Rio Tinto avança 1,2%, mas Antofagasta recua 0,1%. A gigante do petróleo, BP sobe 2% e Royal Dutch Shell sobe 0,4%. Esta última, após alertou que uma forte tempestade que atingiu o Texas em fevereiro prejudicará seus ganhos ajustados no primeiro trimestre em US$ 200 milhões, no entanto seu lucro ajustado para a sua unidade que lida com exploração e produção de petróleo deve ser positivo no primeiro trimestre devido ambiente positivo para as commodities.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA operam entre ligeiras altas e quedas nas negociações matinais de quarta-feira, depois que os principais índices terminaram a sessão de terça-feira no vermelho.

O Dow caiu 97 pontos, ou 0,29%, quebrando uma sequência de dois dias de alta. O S&P atingiu um novo recorde, mas recuou durante as negociações da tarde e fechou 0,10% menor, a sua primeira sessão negativa em quatro. O Nasdaq Composite caiu 0,05%, também quebrando uma sequência de três dias de alta.

Fortes dados econômicos recentes, incluindo o relatório de empregos de março que superou com folga as expectativas, alimentaram a alta das ações nas últimas sessões. Todos os três principais índices estão saindo do quarto trimestre consecutivo com fortes ganhos, à medida que a recuperação econômica da Covid-19 se acelera.

O Fundo Monetário Internacional elevou na terça-feira sua perspectiva de crescimento de 2021 para a economia global para 6%, acima da previsão de janeiro de 5,5%. O FMI disse que “uma saída para esta crise econômica é cada vez mais visível”, no entanto, alertou para “desafios assustadores”, dado o ritmo variado de lançamentos de vacinas em todo o mundo.

O aumento dos rendimentos de títulos assustou os investidores recentemente, mas na terça-feira, o rendimento do Tesouro de 10 anos caiu 7 pontos base para 1,65%.

O Federal Open Market Committee publicará hoje às 15h00, a ata da reunião de março, quando o banco central optou por não alterar as taxas de juros. Os investidores acompanharão a divulgação da ata em busca de pistas sobre quando o Fed poderá aumentar as taxas de juros.

Ainda na agenda econômica, às 9h30 sairá a balança comercial e às 11h30 será divulgado os estoques semanais de petróleo dos EUA.

ÍNDICES FUTUROS – 7h0:
Dow: +0,06%
SP500: +0,08%
NASDAQ: +0,13%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: +1,69%
Brent: +0,91%
WTI: +0,69%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra ou venda de ativos.

Deixe um comentário