Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq caíram pelo segundo dia seguido na terça-feira

LinkedIn

As ações dos EUA caíram pelo segundo dia na terça-feira (20), uma vez que os fortes ganhos corporativos não conseguiram impulsionar um mercado que já estava perto de recordes, enquanto um aumento alarmante nos casos globais da Covid-19 levantaram preocupações sobre a recuperação.

O Dow Jones Industrial Average caiu 256,33 pontos, ou 0,8%, para 33.821,30, já que a Boeing (BA, BOEI34) e a Nike (NKE, NIKE34) caíram mais de 4%. O S&P 500 perdeu 0,7% para 4.134,94 por um segundo dia consecutivo de perdas, enquanto o Nasdaq Composite de alta tecnologia caiu 0,9% para 13.786,27.

A reabertura de empresas como companhias aéreas e operadoras de cruzeiros registrou perdas na terça-feira. A United Airlines (UAL, U1AL34) despencou 8,5% depois que a transportadora informou seu quinto prejuízo trimestral consecutivo e disse que a recuperação de negócios e viagens internacionais ainda está longe. A American Airlines (AAL, AALL34) caiu 5,5%, enquanto a Carnival (CCL, C1CL34) e a Norwegian Cruise Line (NCLH, N1CL34) caíram mais de 4%.

A liquidação de ações vinculadas a uma reabertura bem-sucedida ocorreu quando a Organização Mundial da Saúde advertiu que as infecções globais por coronavírus estavam chegando ao seu nível mais alto na pandemia. Nos Estados Unidos, enquanto o país mantém um ritmo de 3 milhões de vacinações relatadas por dia, cerca de 67.100 novas infecções diárias ainda estão sendo registradas.

Enquanto isso, a temporada de ganhos robustos pouco fez para levantar o mercado. Muitos em Wall Street acreditam que muitas das notícias otimistas sobre os lucros já foram cotadas no mercado, que vinha subindo continuamente, recorde após recorde. O Dow Jones e o S&P 500 fecharam em recordes na sexta-feira e o Dow Jones ultrapassou o nível de 34.000 pela primeira vez na semana passada.

As ações da Procter & Gamble (PG, PGCO34) subiram 0,8% depois que a gigante do consumo relatou ganhos trimestrais que superaram as expectativas, com tendências pandêmicas de cuidados domésticos persistentes e vendas de produtos de beleza aumentando. Saiba Mais…

A temporada de lucros do primeiro trimestre teve um início forte, com 90% das empresas S&P 500 que relataram até agora superando as expectativas em mais de 20% em média. A taxa é três vezes a média histórica, de acordo com dados do Earnings Scout.

As ações da Johnson & Johnson (JNJ, JNJB34) subiram 2,3% após ganhos e receitas melhores do que o esperado. A empresa também relatou US$ 100 milhões em vendas no primeiro trimestre de sua vacina de Covid-19, que está em pausa nos EUA enquanto os reguladores de saúde investigam um raro problema de coagulação do sangue. Saiba Mais…

Outro componente da Dow Jones, a The Travellers Companies, subiu 0,9% após resultados trimestrais que superaram as estimativas de Wall Street. A empresa também aumentou seu dividendo trimestral em dinheiro e aprovou US$ 5 bilhões adicionais em recompra de ações. Saiba Mais…

A Tesla (TSLA, TSLA34) se recuperou ligeiramente depois de cair mais de 3% no pregão anterior, pois o bitcoin – que compõe parte do balanço da Tesla – despencou no fim de semana.

A gigante de streaming, Netflix (NFLX, NFLX34), está programada para lançar números após o pregão de terça-feira. Os analistas de Wall Street esperavam que a Netflix continuasse vencedora no segmento de streaming, mesmo com a melhora da recuperação da pandemia.

Deixe um comentário