Equatorial conclui emissão de debêntures no valor de R$ 800 milhões

LinkedIn

A Equatorial concluiu a emissão de R$ 800 milhões em debêntures da Equatorial Transmissão.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:EQTL3) nesta terça-feira (06). Confira o documento na íntegra.

“A emissão foi estruturada em tranche única, ao custo de IPCA+4.91% ao ano e um prazo de 15 anos, com carência nos quatro primeiros”, informou a companhia.

A Equatorial Transmissão é controladora de ativos de transmissão (SPEs 1 a 8). A emissão utiliza, segundo a empresa, lastro de investimentos em infraestrutura dos projetos.

“A companhia entende que essa emissão é mais uma importante etapa para fortalecimento da liquidez e otimização da sua estrutura de capital”, conclui.

A Equatorial pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 12 de maio.

Lucro líquido de R$ 2,9 bilhões em 2020, alta de 23,2%

O Grupo Equatorial registrou lucro líquido de R$ 2,975 bilhões em 2020, alta de 23,2% na comparação com o ano anterior

As empresas que fazem parte do Grupo são a Cemar, Celpa, Equatorial Piauí, Equatorial Alagoas, Geramar, Equatorial Transmissão, Intesa, Equatorial Telecom, Sol Energia e 55 Soluções.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

4T20

A Equatorial teve lucro líquido de R$ 1,4 bilhão no quarto trimestre de 2020, alta de 6,8% na comparação com igual período de 2019.

Se ajustarmos pelos efeitos não recorrentes do trimestre, atingimos R$ 928 milhões, aumento de 29,8%.

O Ebtida reportado da Equatorial atingiu R$ 2,2 bilhões no 4T20, valor 3,6% menor, impactado principalmente pelo menor Ebitda oriundo da aplicação do IFRS 15 para os projetos de transmissão, por conta da redução dos investimentos, uma vez que grande parte dos projetos já foram ou estavam em fase final de conclusão.

Deixe um comentário