Exxon Mobil (XOM, EXXO34) registra lucro no 1º trimestre sobre receita de US$ 59,15 bilhões

LinkedIn

A Exxon Mobil (NYSE:XOM) voltou à lucratividade durante o primeiro trimestre, superando as estimativas de receita e resultado do período, enquanto a empresa se recuperava da devastação causada no setor de energia pela pandemia do coronavírus.

A gigante do petróleo faturou US$ 2,7 bilhões no período. A empresa registrou lucro por ação de US$ 0,65 centavos, excluindo itens, com receita de US$ 59,15 bilhões. Analistas de Wall Street esperavam que a empresa ganhasse US$ 0,59 centavos de dólar por ação, com receita de US$ 54,6 bilhões, de acordo com estimativas da Refinitiv.

No primeiro trimestre do ano anterior, a empresa perdeu US$ 610 milhões à medida que os impactos do coronavírus começaram a pesar. No último trimestre, a empresa registrou prejuízo de US$ 20,1 bilhões, seu quarto trimestre consecutivo de prejuízos.

As ações da Exxon ficaram estáveis ​​durante as negociações de pré-mercado na sexta-feira.

A energia é o setor de S&P 500 com melhor desempenho neste ano, e as ações da Exxon subiram 43% para 2021 até o fechamento de quinta-feira.

CapturadeTela2021-04-30às10.01.09Gráfico candle da XOM (diário) – br.advfn.com

A Exxon Mobil também é negociada na B3 através da BDR (BOV:EXXO34).

“Os fortes resultados do primeiro trimestre refletem os benefícios de preços mais altos de commodities e nosso foco em reduções de custos estruturais, ao mesmo tempo em que priorizamos investimentos em ativos com baixo custo de fornecimento”, disse Darren Woods, presidente e CEO da Exxon, em um comunicado.

“O fluxo de caixa das atividades operacionais durante o trimestre cobriu totalmente os dividendos e investimentos de capital”, acrescentou.

A produção equivalente de petróleo da Exxon cresceu 3% no trimestre, para 3,8 milhões de barris por dia. A empresa disse que a tempestade de inverno que atingiu o sul dos Estados Unidos no Texas custou à empresa US$ 600 milhões em todos os seus negócios.

Para combater a queda dos preços do petróleo no último ano, a empresa implementou medidas agressivas de corte de custos. Ao longo da crise, a Exxon manteve seu compromisso com seus dividendos, que atualmente é de 5,9%.

Mais recentemente, a empresa tem enfrentado pressão de acionistas para sacudir seu conselho de administração. Como resultado, a empresa acrescentou três novos membros ao conselho, incluindo o conhecido investidor ativista e proponente do ESG Jeffrey Ubben.

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário