Lojas Renner prepara oferta de ações de até R$ 4,5 bilhões

LinkedIn

As Lojas Renner estão preparando uma oferta de ações para levantar algo entre R$ 4 bilhões e R$ 4,5 bilhões, duas fontes a par do assunto disseram ao Brazil Journal.

A companhia pretende fazer a oferta para financiar seu plano de crescimento orgânico e eventualmente estar pronta para um M&A oportunístico, mas, ao contrário da especulação que tomou conta do mercado esta manhã, a companhia não tem nenhum alvo em vista.

Um dia depois de a Hering recusar a oferta da combinação de negócios feita pela Arezzo, houve boatos nesta manhã de que a Renner estaria pronta para fazer uma oferta pela C&A ou pela Marisa, considerada o alvo mais óbvio e cujas ações dispararam.

Segundo apurou o Estadão, a expectativa é de que os recursos a serem captados sejam direcionados a aquisições. Isso porque o setor da moda sofreu muito a partir da crise que emergiu com a pandemia de covid-19, que deixou lojas fechadas como medida para conter a disseminação do novo coronavírus.

Vão trabalhar nessa oferta instituições nacionais e internacionais, como Itaú BBA, Santander, Morgan Stanley, JPMorgan e BTG Pactual, afirmam fontes de mercado.

Diante da expectativa de como será a utilização desses recursos da oferta, que está prevista para ocorrer nas próximas semanas, as ações da varejista encerrou o pregão de hoje com alta de 12%. Os papéis fecharam a R$ 46,90, colocando o valor de mercado da companhia gaúcha em R$ 37,3 bilhões.

No mercado financeiro, uma das especulações entre investidores é de que a Renner esteja se capitalizando para a compra da concorrente C&A, que estaria querendo sair do Brasil.

Sobre a expectativa de uma possível oferta de compra por parte da Renner, a C&A disse ontem, em nota: “A companhia segue intensamente focada no desenvolvimento dos seus planos de negócio e, como política, não comenta rumores ou especulações de mercado”.

A semana foi agitada para o mercado de moda. Para André Pimentel, sócio da Performa Partners, o setor vive um momento delicado. Há poucas empresas capitalizadas e que tiveram gestão bem-sucedida durante a crise. Dentre elas, podem ser citadas a Arezzo, e também o grupo Soma (dona de grifes como a Animale e Farm). A primeira negocia a compra da Hering e a segunda, a marca Shoulder.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Soma afirmou que as negociações com a Shoulder ainda estão em fase preliminar e que não há nenhum documento relativo à operação assinado, bem como não as partes possuem autorização societária para celebração de qualquer documento.

A companhia reitera ainda que a efetiva realização da operação está sujeita a diversos fatores comuns a esse tipo de operação, tais como a conclusão da análise de viabilidade da operação e a conclusão das negociações. “Assim, não há nenhuma garantia de que a negociação para aquisição da Shoulder será concluída com sucesso”, disse o Soma.

A consolidação do segmento seria natural, já que as candidatas a serem compradas estão depreciadas. “No entanto, não há tantas empresas de vestuário em boas condições. O setor se enfraqueceu muito durante a crise”, considera Pimentel, da Performa Partners. Se por um lado o preço dessas empresas pode configurar uma espécie de liquidação, por outro o que está sendo vendido pode não ter tanta qualidade.

Ações em disparada

O varejo de vestuário voltou a registrar fortes altas no pregão de ontem. Além da Renner e da Hering, que estão diretamente envolvidas em operações neste momento, as demais companhias do varejo de moda também dispararam. A Lojas Marisa teve valorização de 14,73%, seguida pela holandesa C&A, com ganho de 8,23%, e pela Riachuelo (Guararapes), com alta de 8,11%.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo e do Brazil Journal

A Lojas Renner pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 06 de maio.

Quarto trimestre sofre com repique da Covid-19 e lucro líquido de 2020 fica praticamente igual a 2019

O lucro líquido da Lojas Renner cresceu 0,9% em 2020, para R$ 1,096 bilhão, uma levíssima alta de 0,9% ante os R$ 1,086 bilhão do ano anterior.

Os resultados das Lojas Renner (BOV:LREN3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A receita total foi de R$ 7,54 bilhões, queda de 21,4% em relação a 2019.

Informações Brazil Journal

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Faça o login em ADVFN
Registrar agora

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br

V: D: 20230925 01:10:28