Ações europeias fecham em alta com a melhora do sentimento de risco global

LinkedIn

As ações europeias fecharam em alta na quinta-feira, com o apetite dos investidores por ativos mais arriscados retornando após uma onda de vendas na sessão anterior.

O pan-europeu Stoxx 600 encerrou a sessão com alta de cerca de 1,23%, com os automóveis saltando 1,8% para ganhos de liderança, já que quase todos os setores e principais bolsas entraram em território positivo. Os investidores estão assumindo mais riscos após a liquidação do mercado na quarta-feira.

O Stoxx 600 fechou em queda de 1,5% na sessão anterior, enquanto em Wall Street os principais índices dos EUA também encerraram o pregão de quarta-feira no vermelho, em meio a uma queda nos preços das criptomoedas.

O quadro do mercado de trabalho nos Estados Unidos recebeu outro impulso na quinta-feira, com o Departamento do Trabalho relatando que os pedidos de auxílio-desemprego na semana passada totalizaram uma nova baixa da era pandêmica de 444.000, abaixo dos 452.000 esperados por economistas consultados pela Dow Jones.

Hoje os ganhos vieram da EasyJet, Kingfisher, National Grid, Royal Mail, Manchester United e QinetiQ. A EasyJet registrou um prejuízo fiscal no primeiro semestre de £ 701 milhões (US$ 990 milhões) e prometeu voar 15% de sua programação pré-pandemia no terceiro trimestre, conforme as restrições de viagens diminuíssem entre o Reino Unido e a Europa. As ações caíram 2%.

Euro Stoxx 50 (STOXX:SX5E) índice formado pelas 50 ações com maior liquidez, fechou em alta de 1,4%, sendo cotado a 3.993,28.

Confira o Ranking dos papéis que mais subiram e caíram na Euronext.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX), principal indicador de desempenho do mercado acionário do Reino Unido representando a variação das cem principais companhias da Inglaterra, fechou em alta, cotado a 7.019,79 Veja o desempenho de todos os ativos da terra da rainha.

Em Paris, o Índice CAC 40 (EU:PX1), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores da Euronext Paris, subiu 1,3%.

Na Itália, o índice BIT (BITI:FTSEMIB), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Milão, representando 10 diferentes setores da economia italiana valorizou 0,9%.

Confira o Toplist da principal bolsa italiana.

Na Alemanha, o índice DAX (DBI:DAX), composto pelas ações das 30 de empresas negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt (Deutsche Börse), fechou em alta de 1,7%, sendo cotado a 15.370,26. Confira o ranking completo dos papéis negociados na Alemanha.

Deixe um comentário