Petróleo fecha em alta acompanhando as negociações do Irã

LinkedIn

Os preços do petróleo fecharam em alta nesta  segunda-feira, com o aumento da demanda alimentado pelas iniciativas de vacinação do COVID-19, dando aos traders otimismo de que o mercado pode absorver qualquer petróleo iraniano que venha ao mercado se as negociações do Ocidente com Teerã levarem ao levantamento das sanções.

Os preços também aumentaram com as expectativas de que um novo acordo é menos provável do que na semana passada, disse Bob Yawger, diretor de Futuros de Energia da Mizuho em Nova York.

O petróleo tipo Brent/julho fecha em alta de 3,04%, a US$ 68,46 o barril; Tipo WTI/julho subiu 3,88%, a US$ 66,05.

O Goldman Sachs disse que a defesa dos preços mais altos permanece intacta, mesmo com um aumento potencial nas exportações iranianas. Seu novo caso-base para um reinício em outubro ainda suporta uma previsão de US$ 80 por barril para este verão, acrescentou.

“Mesmo assumindo agressivamente um reinício em julho, estimamos que os preços do Brent ainda atingiriam US $ 80 por barril no quarto trimestre de 2021”, disse o banco em uma nota.

O Irã e a agência nuclear da ONU estão prorrogando em um mês um acordo de monitoramento expirado recentemente, ambos os lados disseram na segunda-feira, evitando um colapso que poderia ter levado a negociações mais amplas sobre a revivificação do acordo nuclear com o Irã de 2015 em crise.

O ex-presidente Donald Trump retirou os Estados Unidos do acordo em 2018 e voltou a impor as sanções.

Mesmo que grandes volumes de petróleo bruto iraniano voltem ao mercado, é improvável que paralise a redução dos estoques globais de petróleo ”, disse Stephen Brennock, da corretora de petróleo PVM.

“O fornecimento adicional de Teerã está prestes a ser absorvido pelo mercado como resultado de um aumento na demanda por vacinas nos próximos meses”, acrescentou.

(Com informações da CNBC e BDM)

Deixe um comentário