Bom dia ADVFN - Dados do IPCA-15, Juros e CPI da pandemia dominam agenda

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  25 de Maio de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: Bolsas mundiais sobem com otimismo com retomada da economia, empresas de tecnologia e aposta em inflação transitória.

Na Ásia, as bolsas têm altas nesta terça-feira. Investidores observam as altas do setor de tecnologia após ganhos no setor nas negociações de overnight nos Estados Unidos. O índice Shanghai composto, da China, subiu 2,4% no dia; o componente Shenzhen subiu 2,343%; em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 1,75%; no Japão, o Nikkei subiu 0,67%; na Coreia do Sul, o Kospi subiu 0,86%. O índice de ações da Ásia-Pacífico da MSCI foi definido para o maior fechamento em cerca de duas semanas, com o indicador CSI 300 da China subindo mais de 3% após os esforços de Pequim para reduzir os custos das matérias-primas.

Na Europa, os índices europeus têm altas no momento. O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,4%, impulsionado por ações do setor de tecnologia, que sobem 1,6%. A pesquisa Ifo sobre clima de negócios na Alemanha marcou 99,2 pontos em maio, frente a 96,6 pontos em abril. É o patamar mais elevado em dois anos. Mas o PIB da Alemanha encolheu mais de 1,8%, prejudicado por restrições causadas pela Covid. Além disso, autoridades europeias concordaram em aplicar novas sanções sobre a ditadura de Belarus, após o governo do país “sequestrar” um avião da empresa Ryanair, forçar que pousasse em Minsk e prender um ativista da oposição.  O índice Stoxx Europe 600 dirigi-se para um novo recorde de alta, com ações de tecnologia liderando o avanço. A Vonovia SE caiu até 6,8% após concordar em adquirir a rival, Deutsche Wohnen SE por cerca de 19 bilhões de euros (US $ 23 bilhões) na maior aquisição já realizada no mercado imobiliário europeu.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos têm tendência de leves altas, após uma sessão marcada pelo bom desempenho de ações de tecnologia e investimento em papéis ligados à reabertura da economia.  Nos Estados Unidos, 49,01% da população foi vacinada até segunda-feira, segundo dados oficiais compilados pelo site Our World in Data. A segunda-feira foi marcada pela redução da tensão quanto à perspectiva de aceleração de inflação nos Estados Unidos, o que impulsionou os mercados. Os comentários do Fed aumentaram o sentimento otimista, já que as autoridades reiteraram que esperam pressões de preços transitórias, e não duradouras, da recuperação econômica dos EUA, o que ajudou a reduzir os rendimentos do tesouro americano.  A queda dos preços da Bitcoin também se estabilizou na segunda-feira. No domingo, a moeda chegara a ficar abaixo de US$ 32 mil, mas ela fechou acima de US$ 39 mil na segunda-feira. O petróleo manteve o maior ganho em dois dias desde março, com os investidores rastreando uma recuperação na demanda que pode permitir ao mercado acomodar quaisquer novos fluxos do Irã, caso o acordo nuclear do país seja reativado.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CLM21) estão sendo negociados a US$ 65,62, com baixa de 0,65%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em baixa de 0,48%, negociado a US$ 68,04.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 38.004,93 (+4,24%). O ouro (COMEX:GCM21) é negociado a US$ 1.884,50 por onça-troy.

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 0,05%, cotados a 1058 iuanes, equivalente hoje a US$ 165,17.

Coronavírus

O mundo registra 167.089.543 de casos de coronavírus e 3.468.733 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 90.063.567. Doses aplicadas: 58.388.674.

Brasil registrou na segunda-feira 790 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 449.858, informou o Ministério da Saúde. Também foram notificados 37.498 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país avançando para 16.120.756, de acordo com a pasta. Aos domingos e segundas-feiras as cifras de casos e óbitos por Covid-19 no Brasil costumam ficar abaixo das médias normalmente registradas, uma vez que há represamento de testes aos finais de semana.

Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deve retomar a produção de vacinas da AstraZeneca/Oxford nesta terça, cinco dias após paralisar a fabricação, na última quinta-feira (20), por falta do principal insumo para produção do imunizante. No fim da tarde de sábado (22), a Fiocruz recebeu mais uma remessa dos insumos, que devem ser suficientes para fabricar cerca de 12 milhões de doses da vacina.

Poderes

A promessa feita pelo presidente Jair Bolsonaro para agradar os motociclistas, de garantir isenção de pedágio a motos nas próximas concessões de rodovias federais, tem gerado críticas no setor. As concessionárias de rodovias dizem que a medida pode levar a aumento no valor do pedágio para os outros usuários das estradas. A isenção do pedágio para motos causaria um impacto negativo de 5% na receita das concessões, segundo a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR).

A CPI da Pandemia ouve, na manhã desta terça-feira, a secretária Mayra Pinheiro, apelidada de “Capitã Cloroquina”. Após um vaivém judicial, Mayra Pinheiro conseguiu um habeas corpus parcial por parte do Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Ricardo Lewandowski, que inicialmente negou o pedido da secretária, a autorizou a ficar em silêncio quanto aos fatos ocorridos entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021.

O Senado ficará responsável pela análise de duas etapas da reforma tributária, disse o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Ele se reuniu com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar do assunto. “Tivemos um consenso de que a reforma tributária é fundamental e urgente. Precisamos simplificar o sistema de arrecadação sem gerar aumento de carga aos contribuintes”, disse ele, em vídeo divulgado na noite de segunda-feira, 24.“Parte disso será da incumbência do Senado Federal, inclusive a discussão constitucional. A reforma constitucional em matéria tributária caberá ao Senado tramitar, assim como o programa de regularização tributária, o novo Refis, para poder socorrer pessoas físicas e jurídicas nessa regularização tributária”, afirmou Pacheco.De acordo com ele, a Câmara ficará incumbida dos projetos de iniciativa do Executivo enviados ao Legislativo, como a discussão da base de incidência de Imposto de Renda, IPI, PIS e Cofins. “Há uma comunhão de esforços entre as duas Casas, devidamente alinhadas com o Executivo, para que possa haver a mais ampla possível reforma tributária.”

Justiça

O Exército decidiu abrir um procedimento disciplinar contra o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello por ter ido ao ato no Rio de Janeiro com o presidente Jair Bolsonaro. Como general da ativa, ele só poderia participar com autorização do comando do exército, o que não ocorreu. A investigação irá avaliar se ele descumpriu o Regulamento Disciplinar do Exército, que prevê punição caso “manifeste-se, publicamente, o militar da ativa, sem que esteja autorizado, a respeito de assuntos de natureza político-partidária”.

Economia

Modalidade de investimento mais popular no Brasil, a poupança, que nunca foi unanimidade entre os especialistas, perdeu ainda mais atratividade nos últimos anos. Isso porque a taxa básica de juros atingiu sua mínima histórica, de 2% ao ano, e acabou de derrubar a rentabilidade do ativo que já havia sofrido com mudanças regulamentares.

Agenda Econômica

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

Nesta terça-feira, depõe na CPI a secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. No Senado, a MP da Eletrobras deve ganhar o governista Marcos Rogério como relator. O Congresso pode votar a recomposição do Orçamento de 2021.

🇩🇪 Variação do PIB anual e mensal (03h00)
🇧🇷 Índice IPC-Fipe (05h00)
🇩🇪 Índice Ifo de clima de negócio (05h00)
🇧🇷 IPC-S semanal (08h00)
🇧🇷 Sondagem do consumidor FGV mensal (08h00)
🇧🇷 IPCA 15 mensal (09h00) ⭐️
🇧🇷 CPI da Covid – Depoimento de Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde (10h00) ⭐️
🇺🇸 Sondagem industrial do FED Richmond mensal (11h00)
🇺🇸 Confiança do consumidor mensal CB (11h00) ⭐️
🇺🇸 Vendas de casas novas mensal (11h00)
🇺🇸 Leilão primário de Treasuries de dois anos (14h00)
🇺🇸 Variação d3e estoques de petróleo API (17h30)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia em alta de 1,17% aos 122.592,47 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 122.525,51, e na máxima 124.167,01 pontos. O volume financeiro somou R$ 29,3 bilhões. O principal índice da Bolsa fechou no azul e se aproximando do recorde de fechamento de janeiro de 125.076 pontos. O noticiário corporativo ainda impulsionou os papéis que puxaram o índice.

Maiores altas do Ibovespa

BIDI11: +24,83% a R$ 223,29
MGLU3: +7,93% a R$ 20,00
LWSA3: +7,54% a R$ 24,68
PRIO3: +6,55% a R$ 19,20
LAME4: +5,53% a R$ 19,48

Maiores baixas do Ibovespa

GGBR4: -2,89% a R$ 32,89
BRFS3: -2,67% a R$ 26,21
IGTA3: -2,14% a R$ 42,44
GOAU4: -1,99% a R$ 14,74
GOLL4: -1,84% a R$ 25,03

Dólar    

dólar comercial: encerrou em baixa de -0,53% sendo cotado a R$5,325 para venda e a R$ 5,324 para compra,  após exibir volatilidade na abertura dos negócios e operar acima de R$ 5,37, acompanhando o movimento externo, onde a moeda estrangeira perde terreno para divisas pares e algumas de países emergentes, enquanto as principais têm leve queda acompanhando o movimento misto das commodities. Um movimento de realização foi conduzido pelo mercado cambial após o dólar acumular valorização de 1,56% na semana passada, o que ajudou a reduzir a perda contabilizada em maio para cerca de 1,5%.

Juros:

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 subiu cinco pontos-base a 5,05%, o DI para janeiro de 2023 teve alta de cinco pontos-base a 6,80%, o DI para janeiro de 2025 avançou sete pontos-base a 8,26% e o DI para janeiro de 2027 registrou variação positiva de seis pontos-base a 8,84%.

Ifix   

Todas as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de maio de 2021: a ADVFN montou um compilado de todas as carteiras recomendadas disponíveis de Fundos Imobiliários para maio.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário