Eletrobras: relator da MP da privatização da Eletrobras altera proposta que pode encarecer conta de luz

LinkedIn

O deputado federal Elmar Nascimento (DEM-BA), relator da Medida Provisória da privatização da Eletrobrás (BOV:ELET3) (BOV:ELET5) (BOV:ELET6) que tramita no Congresso, alterou a proposta enviada pelo governo federal de tal forma que se for aprovada vai encarecer a conta de luz dos consumidores e fazer reserva de mercado para investidores de pequenas centrais hidrelétricas e usinas termelétricas movidas a gás natural.

Um grupo de 40 entidades do setor de energia que se autointitula União pela Energia alega que a nova proposta tira a competitividade dos leilões ao obrigar a contratação de pequenas centrais hidrelétricas, que é hoje uma opção mais cara do que energia eólica e solar, por exemplo, além de prever a prorrogação por 20 anos do Proinfa, um programa de incentivo para energia alternativas criado há 20 anos.

Mas o que deve custar mais caro mesmo para o consumidor é a obrigação de compra de energia de usinas termelétricas em locais pré-estabelecidos e movidas “preferencialmente” a gás natural. Como os locais determinados não possuem ligação por gasodutos, o consumidor de energia também vai financiar essa expansão. Cálculos da Associação dos Grandes Consumidores de Energia (Abrace) mostram que o custo extra será de 20 bilhões de reais só com as térmicas.

A MP está na pauta da Câmara dos Deputados para ser votada nesta quarta-feira, 19. 

Eletrobras (ELET3): lucro líquido de R$ 1,6 bilhão no 1T21, alta de 31%

Eletrobras fechou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 1,609 bilhão, uma alta de 31% frente aos R$ 1,228 bilhão de igual período do ano passado.

Segundo a estatal, o lucro do primeiro trimestre sofreu o impacto positivo dos resultados da transmissão, em decorrência da Revisão Tarifária Periódica com efeitos a partir de julho de 2020.

O resultado da última linha do balanço poderia ser ainda melhor se não fosse pelas provisões para contingências de R$ 932 milhões, com destaque para R$ 436 milhões relativos às contingências judiciais que discutem a correção monetária de empréstimo compulsório

A receita operacional líquida atingiu R$ 8,208 bilhões no período, 8% superior ao mesmo trimestre do ano anterior. A receita operacional líquida recorrente, que engloba receita do Procel, registrou alta 8% e somou R$ 8,200 bilhões na mesma base de comparação.

Fonte Broadcast

Deixe um comentário