Grupo Profarma (PFRM3): lucro líquido de R$ 8,9 milhões no 1T21, alta de 97,8%

LinkedIn

O Grupo Profarma registrou lucro líquido do Grupo foi de R$ 8,9 milhões, montante 97,8% superior ao resultado reportado no mesmo período do ano passado.

A receita bruta consolidada alcançou R$ 1,7 bilhão no trimestre, crescimento de 7,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior, principalmente, em função da evolução de 9,0% nas vendas registradas na Distribuição.

ebitda -lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização –  totalizou R$ 43,2 milhões – R$ 219,5 milhões considerando o acumulado de 12 meses -, redução de R$ 3,3 milhões frente ao registrado no 1T20. O resultado é consequência da redução no Ebitda da d1000, que foi mais afetado pelas medidas de restrição à circulação em razão da pandemia, especialmente em relação a suas lojas localizadas em shopping centers.

“Começamos o ano de 2021 apresentando bom resultado e registrando crescimento mais uma vez. As vendas do Grupo aumentaram em 7,4%, impulsionados pelo crescimento da Distribuição, que mostra evolução a cada trimestre. Reduzimos nossa Dívida Líquida em 38,9% e o índice de alavancagem caiu de 2,7x no 1T20 para 1,5x no 1T21. Estamos confiantes em relação ao plano de expansão da d1000 e as lojas novas já superam as expectativas. Seguimos dedicados à firme gestão dos negócios, dando sequencia aos bons resultados alcançados em 2020 e neste trimestre, focando sempre na geração de valor para nossos acionistas”, disse o vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Profarma, Max Fischer.

Além disso, já contando com inúmeras iniciativas de impacto social positivo e uma governança corporativa forte, o Grupo divulgou a criação de um Comitê ESG com o objetivo de incorporar de maneira definitiva os princípios do tema ao modelo de negócio.

Os resultados do Grupo Profarma (BOV:PFRM3) referente suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 12/05/2021. Confira o Press Release completo!

Deixe um comentário