Investidor que previu crise de 2008 revela aposta na inflação e short massivo contra a Tesla

LinkedIn

O lendário investidor Michael Burry, conhecido por ter sido o primeiro a prever a devastadora crise de 2008, cujo ápice culminou na queda do Lehman Brothers, revelou as posições do seu fundo hedge, com apostas massivas contra a Tesla e preocupação com a inflação.

Ontem foi o período para os fundos de hedge, seguradoras e firmas de investimento notificarem para a SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos), através do formulário 13F, as suas posições trimestrais.

Em especial, as apostas da Scion Asset Management, liderada por Michael Burry, chamaram atenção do mercado pelo short massivo nas ações da Tesla (NASDAQ:TSLA), a montadora de carros elétricos liderada por Elon Musk, e pela aposta no retorno da inflação.

O fundo, que gerencia cerca de US$1,30 bilhão, realizou uma aposta agressiva na queda das ações da Tesla (BOV:TSLA34) de US$530 milhões, sendo a maior posição da firma.

A aposta de Burry se mostrou precisa, visto que as ações da empresa apresentaram uma queda de mais de 20% desde o início do ano.

tsla34Gráfico candle 6 meses diário da TSLA34 – br.advfn.com

O investidor também realizou apostas nas ações das gigantes da tecnologia Facebook e Google e em empresas relacionadas à commodities, como energia e petróleo.

Vale ressaltar que commodities podem não somente ser uma proteção contra a inflação, mas também um indicador de que inflação futura está por vir, vista a utilização destes insumos nas cadeias de produção globais.

Burry e a inflação

Contudo, a principal aposta de Burry contra a inflação ficou a cargo da compra de títulos de dívidas de longo prazo. Confira em detalhes as compras do fundo clicando aqui.

Esta não é a primeira vez que Michael aposta contra a inflação. Com os estímulos econômicos sem precedentes realizados desde 2008 e intensificados a partir de 2020, a base monetária das moedas fiduciárias explodiram ao redor do mundo.

M1 Stock Money. Aposta de Michael Burry contra a inflação.

M1 Stock Money. Fonte: Fred.

Para o investidor, a situação mais óbvia ocorrerá. Imprimir dinheiro causará inflação. Em especial, Burry afirmou que uma “hiperinflação de Weimar” ocorrerá.

O evento se trata da alta inflação vivida pela Alemanha nos anos 20 proveniente da massiva impressão de dinheiro para conter os elevados custos da primeira guerra ainda em curso.

O resultado foi óbvio e devastador:

Inflação de Weimar

Qual sua opinião sobre as apostas de Michael Burry? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Por João Victor

Deixe um comentário