Magalu: diretor de RI pagará R$ 720 mil para encerrar processo na CVM

LinkedIn

O diretor Financeiro e de Relações com Investidores do Magazine Luiza (BOV:MGLU3), Roberto Bellissimo Rodrigues, assinou Termo de Compromisso de R$ 720 mil com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), para encerrar um projeto sancionador aberto pela autarquia.

A punição se deve ao fato de Rodrigues não ter divulgado fato relevante imediatamente após a veiculação na imprensa, em 9 de abril de 2019 e 26 de abril de 2019, de informações relativas, respectivamente, (i) às tratativas iniciais para a aquisição de aquisição da empresa de comércio de varejo digital e (ii) à celebração de acordo de exclusividade com a referida sociedade e negociação do preço.

“A Procuradoria Federal Especializada junto à Autarquia (PFE-CVM) concluiu não haver impedimento jurídico para realizar o acordo”, informou a CVM em nota.

Lucro líquido ajustado de R$ 81,5 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

Magazine Luiza reverteu o prejuízo visto no primeiro trimestre de 2020 e registrou lucro líquido ajustado de R$ 81,5 milhões no primeiro trimestre de 2021.

Magalu apresentou lucro líquido de R$ 258,6 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 739,7% ante o mesmo período de 2020. O número, porém, foi beneficiado por receitas e despesas não recorrentes, incluindo ganhos relacionados à reversão de provisões tributárias.

receita líquida nos três primeiros meses do ano teve avanço de 57,7% na mesma comparação, somando R$ 8,525 bilhões.

Deixe um comentário