Oatly Group, fabricante de leite vegano, levanta US$ 1,4 bilhão em IPO

LinkedIn

A fabricante sueca de leite vegano Oatly Group, que conta com as celebridades Oprah Winfrey e Natalie Portman entre seus patrocinadores, levantou US$ 1,4 bilhão em sua oferta pública inicial nos Estados Unidos na quarta-feira, disse a empresa em um comunicado.

A empresa, cujos investidores também incluem o rapper Jay Z e o ex- chefe da Starbucks Howard Schultz, disse que precificou 84,4 milhões de ações depositárias americanas na oferta pública inicial a US$ 17 cada, no topo de sua faixa indicada. Isso implica uma avaliação para a empresa de US$ 10 bilhões.

A venda de ações de Oatly ocorre no meio de uma conjuntura crucial para o mercado de IPO dos EUA, que está enfrentando uma volatilidade significativa devido aos temores de inflação que forçaram os investidores a abandonar as ações de alto crescimento, concentrando-se em ações de valor.

O resultado das ofertas nesta semana está sendo observado em busca de pistas sobre o futuro de curto prazo dos mercados de capitais dos EUA, que testemunharam uma recuperação impressionante nos últimos 15 meses com a venda de ações de centenas de empresas, incluindo grandes nomes como Airbnb, Snowflake e DoorDash, e quebrou recordes de todos os tempos.

Na semana passada, pelo menos três IPOs, incluindo a seguradora de hipotecas Enact Holdings e a empresa de serviços de saúde auditiva Hear.com, foram suspensos devido às condições instáveis ​​do mercado.

A fabricante de alternativas lácteas com sede em Malmö, na Suécia, vende seus produtos em mais de 20 mercados na Europa, Estados Unidos e China. Conhecida principalmente por seus produtos de leite de aveia, ela tem ligações com vários cafés nos Estados Unidos, incluindo a Starbucks. Ela também vende seus produtos online e por meio de varejistas de alimentos como Target Corp e Tesco.

A listagem no mercado de ações chega em um momento em que o setor de alimentos à base de vegetais continua a atrair a atenção dos principais investidores, especialmente porque as cadeias de fast-food e restaurantes de luxo criam novos menus para atrair os clientes preocupados com a saúde e o meio ambiente.

Grande parte da demanda por alimentos vegetais está sendo liderada por consumidores da geração do milênio e da geração Z, que estão mais do que dispostos a gastar em produtos sustentáveis ​​que também sejam saudáveis.

No ano passado, Oatly, fundada pelos irmãos Rickard e Björn Öste em 1990, levantou US$ 200 milhões em uma rodada de investimentos repleta de estrelas liderada pela empresa de private equity Blackstone Group e incluindo Winfrey, Portman, uma empresa de entretenimento fundada por Jay Z e Schultz.

O maior acionista da Oatly é uma parceria entre a empresa de investimentos belga Verlinvest e uma entidade chamada Blossom Key Holdings, que é controlada pela China Resources Co Ltd, uma empresa estatal chinesa.

A Verlinvest é a empresa de investimentos da família por trás da cervejaria Anheuser-Busch InBev. A empresa de private equity Blackstone também possui uma participação considerável na Oatly.

Morgan Stanley, JPMorgan e Credit Suisse estão entre os principais subscritores da oferta.

Deixe um comentário