Via Varejo emite debêntures simples em duas séries

LinkedIn

A Via, ex-Via Varejo, concluiu a sexta emissão pública de debêntures simples, em duas séries.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:VVAR3) nesta terça-feira (11). Confira o documento na íntegra.

Segundo a Via, a emissão contou com a adesão de mais de 20 investidores profissionais, que subscreveram 771.959 debêntures na primeira série, com vencimento em 30 de abril de 2024; e 228.041 na segunda série, com vencimento em 30 de abril de 2026; totalizando 1 milhão de debêntures.

Cada debênture tem valor nominal unitário de R$ 1 mil. Assim, o valor total da emissão ficou em R$ 1 bilhão.

A sobretaxa aplicável às debêntures da primeira série será de 1,90% ao ano. No caso das de segunda série, 2,10% ao ano.

A emissão teve atribuição de rating pela renomada agência de risco Standard & Poors (S&P) de br.AA, considerado grau de investimento em escala nacional.

A emissão reforça a posição de caixa da Companhia, além de fazer parte da estratégia de liability management de alongamento do perfil da dívida. “Além disso”, informa a Via, “considerando o contexto atual do mercado de capitais brasileiro, representa um importante passo em direção à consolidação dos títulos ESG, uma vez que se trata da primeira emissão da companhia com condições atreladas ao cumprimento de metas de sustentabilidade (sustainability-linked bond -SLB)”.

A meta definida pela Via, apurada e com parecer por consultoria especializada e independente, é a de até 2025, ter 90% de toda a energia utilizada pela companhia vindo de fontes renováveis. Hoje, ainda de acordo com a Via, 30% da energia usada na operação é adquirida de fontes renováveis.

A Via Varejo pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 11 de maio.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 1T21

Lucro líquido de R$ 1 bilhão em 2020, revertendo prejuízo de R$ 1,4 bilhão

A Via Varejo, dona das Casas Bahia e do Ponto Frio, reverteu o prejuízo de R$ 1,4 bilhão registrado em 2019 e reportou um lucro líquido de R$ 1,4 bilhão em 2020.

Entre janeiro de dezembro, a receita líquida atingiu R$ 28,9 bilhões, um acréscimo de 12,7% frente ao ano anterior.

4T20

No 4T20, a Via Varejo registrou lucro líquido de R$ 336 milhões no quatro trimestre de 2020, revertendo o prejuízo de R$ 875 milhões visto no mesmo período do ano anterior. O desempenho foi impulsionado por uma “transformação digital” acelerada pela pandemia de coronavírus, segundo a companhia.

Deixe um comentário