CCR: Tráfego total nas rodovias cresceu 19,9% entre 28 de maio e 3 de junho ante o mesmo período do ano passado

LinkedIn

A CCR divulgou seu boletim semanal de tráfego nas concessões rodoviárias que administra, além do braço de mobilidade urbana e aeroportos. Nas rodovias, o tráfego total cresceu 19,9% entre 28 de maio e 3 de junho desde ano, ante o mesmo intervalo do ano passado.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CCRO3), nesta segunda-feira (07). Confira o documento na íntegra.

Sem a concessionária ViaSul, houve aumento de 19,5%. Já no acumulado do ano até 03 de junho, a movimentação consolidada apresentou alta de 12,6% (consolidado) e de 11,3% (sem ViaSul).

Entre 28 de maio e 3 de junho, o movimento consolidado de carros de passeio cresceu 42,2% e, sem ViaSul, houve uma expansão de 43,7%. Já na categoria comercial, houve altas de 8,2% e 7%, respectivamente. No acumulado do ano, porém, foi apurada alta de 9,5% no segmento de veículos de passeio, e aumento de 9,1% sem ViaSul. Já os comerciais tiveram altas de 14,8% e 12,8%, respectivamente.

Nas concessões de mobilidade urbana, a CCR registrou um aumento de 80,5% no movimento entre 28 de maio e 3 de junho no comparativo anual, e queda de 22,2% no acumulado do ano.

Nos aeroportos, o movimento registrou alta de 1.272,1% na semana, e declínio de 24,8% no ano.

Lucro líquido de R$ 668,9 milhões no 1T21, alta de 137,8%

Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) registrou lucro líquido de R$ 668,9 milhões no critério IFRS, alta de 137,8% sobre igual intervalo de 2020.

receita líquida atingiu R$ 3,4 bilhões no trimestre, alta de 44,1% na base anual, também impactada pelo reequilíbrio da ViaQuatro.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado totalizou R$ 2,5 bilhões no trimestre, 70,7% maior que o visto no mesmo período do ano anterior. O ebtida ajustado mesma base alcançou R$ 1,4 bilhão no período, queda de 6,7% na base anual.

(informação Broadcast)

Deixe um comentário