Dimed encerra período que acionistas puderam solicitar a conversão de ações PN em ações ON

LinkedIn

A Dimed informa que foi encerrado, em 14 de junho de 2021, o período durante o qual os acionistas detentores de ações preferenciais de emissão da Companhia puderam solicitar a conversão de ações preferenciais de sua titularidade em ações ordinárias, na proporção de 0,8 de ação ordinária para cada 1 ação preferencial convertida.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:PNVL3) (BOV:PNVL4) na sexta-feira (18). Confira o documento na íntegra.

No âmbito da Conversão Voluntária, os acionistas detentores de 5.585.545 ações preferenciais, nominativas, escriturais e sem valor nominal, correspondente a 41,4183%% do total de ações preferenciais de emissão da Companhia, solicitaram a conversão das ações de sua titularidade em 4.468.436 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal de emissão da Companhia.

Uma vez encerrado o período de conversão, a solicitação de Conversão Voluntária das ações preferenciais passou a constituir manifestação de vontade irrevogável e irretratável por parte do acionista solicitante para autorizar a conversão das ações preferenciais e emissão das correspondentes ações ordinárias na conta de depósito do acionista.

As ações preferenciais cujos titulares tenham aderido à Conversão Voluntária serão convertidas em ações ordinárias e creditadas nas contas de custódia dos acionistas solicitantes mantidas na B3 ou no Escriturador, sendo que a disponibilidade para negociação das novas ações ordinárias poderá variar de acordo com os procedimentos internos de cada agente de custódia.

Os direitos patrimoniais e políticos atribuídos às novas ações ordinárias serão idênticos aos diretos patrimoniais e políticos das ações ordinárias de emissão da Companhia atualmente existentes, inclusive o direito ao recebimento de dividendos integrais e demais distribuições que vierem a ser declaradas.

As frações de ações ordinárias resultantes da Conversão Voluntária serão agrupadas em números inteiros de ações ordinárias e alienadas em leilões que serão oportunamente realizados na B3, sendo os recursos líquidos resultantes da venda (após a dedução das taxas e despesas aplicáveis, incluindo comissões de venda) revertidos aos titulares das frações proporcionalmente às frações por eles detidas à data do agrupamento das frações.

Os acionistas preferencialistas que não aderiram à Conversão Voluntária terão suas ações convertidas de forma compulsória e automática na proporção de 1 ação ordinária para cada 1 ação preferencial detida, conforme aprovado na assembleia geral extraordinária e na AGESP realizadas em 24 de maio de 2021.

Eventuais acionistas titulares de ações preferenciais da Companhia que se abstiveram de votar, dissentiram da deliberação ou não compareceram à AGESP que aprovou a conversão das ações preferenciais de emissão da Companhia em ações ordinárias, terão o prazo de 30 dias para o exercício do direito de retirada, o qual inicia-se em 24 de junho de 2021 (inclusive) e encerra-se em 26 de julho de 2021 (inclusive).

Terão direito de se retirar da Companhia apenas os acionistas que comprovem titularidade ininterrupta de ações preferenciais desde 1 de abril de 2021 até a data do efetivo direito de recesso.

O valor de reembolso será de R$ 6,74 por ação, equivalente ao valor patrimonial constante das demonstrações financeiras da Companhia relativas ao exercício findo em 31 de dezembro de 2020. Sobre o valor do reembolso, não caberá qualquer tipo de correção monetária ou ajuste.

O pagamento do reembolso ao titular de ações preferenciais da Companhia que exerceu o direito de recesso será efetuado até 3 de agosto de 2021, por meio de crédito na respectiva conta de custódia.

Lucro líquido de R$ 64 milhões em 2020, queda de 22%

Para o ano inteiro de 2020, o Grupo Dimed, da rede de farmácias Panvel, teve lucro líquido de R$ 64 milhões, queda de 22% ante 2019.

No ano inteiro de 2020, a receita da companhia foi de R$ 2,8 bilhões, alta de 3,5% sobre 2019.

Em 2020 foram inauguradas 44 novas lojas, sendo 21 entre os meses de outubro a dezembro. A companhia encerrou o ano com 473 filiais nos três Estados da região Sul e em São Paulo.

O Grupo Dimed, da rede de farmácias Panvel, registrou lucro líquido de R$ 24,5 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 1,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Deixe um comentário