Embraer: acordo com Eve Urban inclui pedido de 200 unidades de "carros voadores"

LinkedIn

A Eve Urban Air Mobility Solutions, startup criada pela Embraer, e a Halo anunciaram uma parceria para o desenvolvimento de produtos e serviços de Mobilidade Aérea Urbana (UAM) nos Estados Unidos e no Reino Unido.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:EMBR3).

O acordo inclui um pedido de 200 unidades do veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (eVTOL) da Eve, projeto que vem sendo chamado de carro voador. As entregas estão previstas para começarem em 2026.

O acordo estabelece que a Halo, líder em operações de táxi aéreo de helicóptero nos EUA e no Reino Unido, irá trabalhar com a Eve para desenvolver uma nova operação de eVTOL em ambos os países.

 De acordo com a Embraer, a parceria da Eve com a Halo é uma das maiores da indústria de mobilidade aérea urbana.

“Acreditamos que a Eve está projetando uma aeronave que está bem preparada para a certificação inicial e, além disso, apresenta um histórico comprovado de produção”, disse, em nota, Kenneth C. Ricci, diretor do Directional Aviation, fundo de investimento do qual a Halo faz parte.

Prejuízo líquido de R$ 489,8 milhões no primeiro trimestre

Embraer registrou um prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 489,8 milhões no primeiro trimestre, contra uma perda de R$ 1,276 bilhão nos 3 primeiros meses de 2020, ainda impactada pela pandemia do novo coronavírus.

Conforme a companhia, descontados eventos extraordinários, o prejuízo líquido ajustado foi de R$ 522,9 milhões no 1º trimestre de 2021, pior que a perda de R$ 433,6 milhões no mesmo período fiscal do ano passado.

receita líquida atingiu R$ 4,45 bilhões, representando aumento de 55% na comparação anual, impulsionada principalmente pelo crescimento das receitas na Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa &Segurança e Serviços e Suporte(+17%).

Informações Folha de S. Paulo

Deixe um comentário