Notre Dame adquire 100% das ações do Hospital Maringá por R$ 92 milhões

LinkedIn

A Notre Dame celebrou um contrato de compra e venda de quotas e outras avenças para a aquisição do Hospital Maringá. A Companhia passará a deter, de forma indireta, 100% das ações do Hospital Maringá.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:GNDI3) na sexta-feira (11). Confira o comunicado na íntegra.

O preço de aquisição é de até R$ 92 milhões e será pago parte à vista, em dinheiro, na data de fechamento, descontados o endividamento líquido, parte no prazo de 2 anos sujeito ao atingimento de certas metas operacionais e uma parcela retida por 6 anos para eventuais contingências.

O Hospital Maringá é um dos mais tradicionais da região, fundado em 1948, e estabelecido na cidade de Maringá/PR. Caracteriza-se por ser hospital geral de alta complexidade, realizando inclusive cirurgias cardíacas e neurológicas, exames de tomografia e hemodinâmica, e dispondo de uma infraestrutura de 81 leitos (12 UTIs), 7 consultórios e 6 salas cirúrgicas em um imóvel próprio com uma área total de 6,3 mil m2 .

O Hospital Maringá, em conjunto com a recente aquisição do Hospital do Coração de Londrina, busca impulsionar a presença da companhia na região, através das cidades de Maringá e Londrina, importantes polos de desenvolvimento populacional e econômico no Estado do Paraná, e que contam, de forma conjunta, com aproximadamente 1,9 milhão de habitantes e 555 mil beneficiários de planos de saúde.

Em 2020, o Hospital Maringá apresentou uma receita líquida de R$ 42,9 milhões. O plano de integração prevê sinergias operacionais e administrativas com as operações da Clinipam no Estado do Paraná, além de garantir a companhia uma plataforma de expansão comercial regional para seus produtos sob o modelo de operação verticalizada.

A consumação da transação está sujeita a certas condições precedentes, porém não está sujeita à aprovação prévia da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e nem do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Com o anúncio da transação, a companhia demonstra a intenção em manter sua estratégia de crescimento na região sul do país, investindo continuamente na expansão e fortalecimento de sua rede própria, reforçando seu compromisso com a criação de valor para seus acionistas, clientes e sociedade.

VISÃO DO MERCADO 

XP Investimentos 

O valuation implícito é um valor da firma sobre leito de R$ 1,14 milhão, o que é bastante atrativo, na visão da XP, considerando as últimas aquisições de hospitais acima de R$ 2 milhões por leito.

“Vemos a notícia como positiva, pois reforça as perspectivas de crescimento da empresa, que atualmente possui mais de 280 mil vidas no Paraná. Embora os resultados de curto prazo devam permanecer pressionados por uma sinistralidade mais alta, continuamos otimistas sobre as perspectivas de crescimento da empresa”, aponta a XP.

XP mantém recomendação de compra e preço-alvo de R$ 117,00…

Prejuízo líquido de R$ 27,9 milhões no 1T21, revertendo lucro

A operadora de planos de saúde Notre Dame Intermédica registrou prejuízo líquido de R$ 27,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro observado um ano antes, de R$ 160,4 milhões.

receita líquida cresceu 13,4% entre o primeiro trimestre de 2020 e de 2021, para R$ 2,903 bilhões.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 137 milhões no primeiro trimestre, queda de 64,3% ante o mesmo período de 2020. Já o Ebitda ajustado caiu 52,8% no intervalo, para R$ 189,3 milhões.

Entre janeiro e março, a empresa apresentou um resultado financeiro positivo de R$ 49,9 milhões, alta de 52,4% sobre igual período de 2020.

Deixe um comentário