Petrorecôncavo comunica que IPO movimentou R$ 1,187 bilhão

LinkedIn

A Petrorecôncavo informou que seu IPO de 80,5 milhões de ações ON, encerrado em 7 de maio, movimentou R$ 1.187.375.000,00 (R$ 14,75 por ação).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:RECV3) nesta quarta-feira (09). Confira o documento na íntegra.

Segundo comunicado divulgado pela empresa no site da CVM, fundos de investimentos ficaram com o equivalente a 75,93% dos papéis, enquanto investidores estrangeiros levaram 10,67% do total, seguidos por investidores pessoa física, que obtiveram 9,4% das ações.

O Banco Itaú BBA coordenou a oferta, em conjunto com Morgan Stanley, Goldman Sachs e o Banco Safra.

Prejuízo líquido de R$ 12,9 milhões no 1T21, queda de 90,5%

Petrorecôncavo registrou prejuízo líquido de R$ 12,9 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa queda de 90,5% em relação ao mesmo período de 2020.

receita líquida nos três primeiros meses de 2021 avançou 25,7%, para R$ 245,8 milhões.

“Destacamos na receita líquida o incremento de 70,2% no faturamento do Distrito Potiguar, que passou de R$ 94,4 milhões no primeiro trimestre de 2020, para R$160,7 milhões no primeiro trimestre de 2021”, explica a PetroReconcavo em seu balanço.

A alta da receita também é justificada majoritariamente pelo avanço do preço médio do Brent, que ficou 21,2% mais caro, chegando a US$ 60,90, ante US$ 50,26 no primeiro trimestre de 2020. Além disso, apesar da alta de 12,7% do custo médio de produção por barril em reais, a desvalorização do câmbio acabou diminuindo o custo quando avaliado em dólares em 8,2%.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de R$ 131,6 milhões entre janeiro e março, o que representa avanço de 25% em relação ao mesmo período do ano passado. A margem Ebitda recuou 0,6 ponto percentual no período, para 53,56%.

Deixe um comentário