PetroRecôncavo: produção em maio tem crescimento de 3,42% em relação a abril

LinkedIn

A PetroReconcavo em linha com as melhores práticas de governança corporativa, informa seus dados de produção preliminares e não auditados referentes ao mês de maio de 2021, com destaque para o aumento de 3,4% na produção total e 6,9% na produção do Distrito Potiguar quando comparados com o mês anterior.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:RECV3), nesta quinta-feira (17).  Confira o documento na íntegra.

Dados incluem produção das 34 concessões da Potiguar E&P;

Incluem Concessões da Recôncavo E&P + Produção dos campos operados pela PetroReconcavo no Contrato com Clausula de Risco em 12 campos da Petrobras;

Incremento de produção decorrente principalmente de projetos de estimulação para desenvolvimento da concessão Riacho da Forquilha;

Queda decorrente principalmente da falha de alguns poços de alta vazão, os quais possuem intervenções de reparo programadas para as próximas semanas.

Prejuízo líquido de R$ 12,9 milhões no 1T21, queda de 90,5%

Petrorecôncavo registrou prejuízo líquido de R$ 12,9 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa queda de 90,5% em relação ao mesmo período de 2020.

receita líquida nos três primeiros meses de 2021 avançou 25,7%, para R$ 245,8 milhões.

“Destacamos na receita líquida o incremento de 70,2% no faturamento do Distrito Potiguar, que passou de R$ 94,4 milhões no primeiro trimestre de 2020, para R$160,7 milhões no primeiro trimestre de 2021”, explica a PetroReconcavo em seu balanço.

A alta da receita também é justificada majoritariamente pelo avanço do preço médio do Brent, que ficou 21,2% mais caro, chegando a US$ 60,90, ante US$ 50,26 no primeiro trimestre de 2020. Além disso, apesar da alta de 12,7% do custo médio de produção por barril em reais, a desvalorização do câmbio acabou diminuindo o custo quando avaliado em dólares em 8,2%.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de R$ 131,6 milhões entre janeiro e março, o que representa avanço de 25% em relação ao mesmo período do ano passado. A margem Ebitda recuou 0,6 ponto percentual no período, para 53,56%.

Deixe um comentário