Portobello aprova criação de novo programa de recompra de ações

LinkedIn

O Conselho de Administração da Portobello aprovou a criação de um novo programa de recompra de ações.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:PTBL3) nesta segunda-feira (14).

O Programa de Recompra de Ações tem por objetivo maximizar a geração de valor para os acionistas, podendo a Companhia manter as ações em tesouraria, para posterior cancelamento ou alienação, bem como utilizá-las em planos de opção de compra.

A Companhia possui atualmente 147.529.703 ações emitidas, sendo 65.428.166 em circulação (free float).

Poderão ser adquiridas até 6.542.817 ações ordinárias, equivalentes, nesta data, a 4,44% das ações totais emitidas pela Companhia e a 10,0% das ações em circulação da Companhia.

O prazo máximo para aquisição das referidas ações é de 365 dias contados a partir de 15 de junho de 2021, encerrando-se em 14 de junho de 2022.

Lucro líquido de R$ 40,4 milhões no 1T21, alta de 92,3%

Portobello registrou lucro líquido de R$ 40,4 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 92,3% maior do que o registrado no período de 2020.

Sob base ajustada e recorrente, o resultado representou um salto de 224,3%, visto que o valor registrado no início de 2020 foi de R$ 12,5 milhões.

receita líquida cresceu mais da metade no trimestre, totalizando R$ 416,4 milhões. A performance positiva se deve à qualificação do mix de produtos com melhor rentabilidade, ao aumento de preços e aos ganhos de produtividade de custos.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – disparou 124,6% na comparação ano a ano e atingiu R$ 80,8 milhões. Em termos ajustados, o indicador mostrou expansão de 253,3%, com margem de 19,4%.

Deixe um comentário