Ripple propõe nova estratégia que pode elevar XRP para máximos nunca vistos

LinkedIn

A Ripple, publicou uma proposta para incluir cadeias secundárias federadas que serão conectadas ao XRP Ledger (XRPL). A ideia é que cada sidechain opere como seu próprio blockchain, ajudando a preservar a eficiência do XRPL para pagamentos internacionais.

Sidechains permitirão a implementação de contratos inteligentes sem comprometer o foco nos pagamentos de XRP

Em uma uma nova postagem, o CTO da Ripple, David Schwartz, indicou que os desenvolvedores que contribuem para a rede XRP têm solicitado incessantemente o recurso de contrato inteligente como resultado do florescente setor financeiro descentralizado.

Mas para os executivos da Ripple, manter a alta eficiência da XRP é a chave. Como tal, ele propôs cadeias secundárias federadas que permitirão aos desenvolvedores implementar novos recursos enquanto mantém o livro-razão seguro e eficiente.

As cadeias laterais terão seus próprios livros e transações, assim como o XRPL. Isso significa que as mesmas expandirão a funcionalidade do ecossistema XRP, fornecendo interoperabilidade para contratos inteligentes nativos e outros casos de uso importantes usando o software.

David Schwartz observou que a Ripple precisará fazer duas pequenas mudanças na operação da rede principal XRP para integrar a estratégia de software do federador.

Além disso, também será necessário adicionar novos recursos ao software do servidor XRPL para permitir que ele opere em uma cadeia lateral, embora esses recursos não sejam habilitados no próprio XRP.

Qualquer um pode executar Sidechains para o XRPL

Notavelmente, este software em particular permitirá que qualquer um execute uma cadeia lateral para a rede. Ele será conectado de um lado ao XRPL e a uma ou mais cadeias laterais do outro lado.

Além disso, as cadeias laterais podem usar seu próprio ativo nativo ou usar XRP. Schwartz também postulou que o software permitirá a movimentação de XRP e tokens emitidos de uma cadeia para outra.

Quanto a quem é elegível para executar o software, Schwartz opinou que seriam apenas os participantes que operariam validadores em pelo menos um sidechain. Ele disse ainda que cada uma das cadeias laterais terá uma “conta de confiança” em XRP, acrescentando:

“Esta conta pode conter ativos no XRPL em nome dos usuários do sidechain. A conta usaria uma chave multisign ou threshold com os signatários sendo os validadores da sidechain. Cada operador de validação de sidechain registra uma chave de assinatura que assina transações em XRPL; assim, os validadores do sidechain podem criar coletivamente transações para gerenciar a conta Mainnet do sidechain. ”

Ripple está pedindo aos desenvolvedores e à comunidade XRP que revisem a estratégia das cadeias laterais e dêem seus comentários. Em suma, a proposta promete possibilidades infinitas para XRP.

Por Gabrieli Torres

Deixe um comentário