3T21: DR Horton retarda pedidos de casas devido a restrições de fornecimento

LinkedIn

A DR Horton Inc (NYSE:DHI) disse na quinta-feira (22) que uma desaceleração na construção de casas impulsionada pelos altos preços da madeira e pela escassez de mão de obra que afeta a economia dos EUA a forçou a aceitar menos pedidos de novas casas nos últimos meses.

As ações da empresa caíram 4% nas negociações da manhã de quinta-feira, a um último preço de US$ 87.92.

A DR Horton também é negociada na B3 através da BDR (BOV:D1HI34) e permaneceram estáveis na manhã de quinta-feira. O preço de abertura é de R$ 474,38 reais.

Com os preços das casas subindo em todo o país, o lucro e a receita da Horton no terceiro trimestre superaram as estimativas dos analistas. Mas a empresa disse que os pedidos de vendas caíram 16,5% nos três meses encerrados em 30 de junho.

As licenças para a construção de uma futura casa nos Estados Unidos caíram para uma baixa de oito meses em junho, refletindo a hesitação causada por materiais de construção caros, bem como a escassez de mão de obra e terra.

A pandemia de COVID-19, que impulsionou o mercado imobiliário dos EUA com pessoas que buscavam acomodações espaçosas enquanto trabalhavam em casa, também interrompeu a oferta de mão de obra em serrarias e portos, causando escassez de madeira serrada e outras matérias-primas.

Horton espera receita para o ano todo entre US$ 27,6 bilhões e US$ 28,1 bilhões, ligeiramente acima das estimativas de 27,35 bilhões, de acordo com dados do Refinitiv.

Ela espera vendas de residências em 2.021 entre 83.000 unidades e 84.500 unidades, enquanto os analistas estimam vendas de 83.475 residências.

O lucro da empresa no terceiro trimestre saltou 77% para US$ 1,12 bilhão, uma vez que se beneficiou dos preços recordes dos imóveis devido à alta demanda. O lucro ajustado de US$ 3,11 por ação superou as estimativas de US$ 2,81.

A receita saltou 35%, para US$ 7,28 bilhões, acima das estimativas de US$ 7,19 bilhões.

Fontes: Reuters

Deixe um comentário