Banco Mercantil do Brasil: signatário Luiz Henrique Andrade de Araújo passa a deter 10,00% do capital da companhia

LinkedIn

O Banco Mercantil do Brasil recebeu correspondência do signatário do Acordo de Acionistas do Banco Mercantil do Brasil, Sr. Luiz Henrique Andrade de Araújo informando que adquiriu 1.700 ON emitidas pelo Banco Mercantil do Brasil, passando a deter a propriedade de 3.257.824 ON, correspondente a 10,00% do capital votante da Companhia.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BMEB3)(BOV:BMIN4) nesta quinta-feira (15). Confira o documento na íntegra.

O Sr. Luiz Henrique Andrade de Araújo informou, ainda, que as ações adquiridas não tem a finalidade de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa do emissor.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 13 de agosto.

Banco Mercantil (BMEB3): lucro líquido recorde R$ 151 milhões, crescimento de 24%

O Banco Mercantil do Brasil (MB) registrou lucro líquido acumulado recorde de R$ 151 milhões, um crescimento de 24% quando comparado ao mesmo período em 2019, mantendo a trajetória de crescimento observada desde 2018. Diante deste resultado, o Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio (ROAE) foi de 22,24% último no trimestre de 2020.

Os resultados do Banco Mercantil do Brasil (BOV:BMEB3) (BOV:BMEB4) referentes suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

No período, os ativos totais somaram R$ 10,7 bilhões e o patrimônio líquido R$1,034 bilhão. Atualmente, a carteira de crédito é de R$ 6,4 bilhões.

Já as captações alcançaram R$ 8,6 bilhões e a receita de prestação de serviços R$ 318 milhões, atingindo um crescimento de 17%.

Deixe um comentário