BRB recebe pedido de renúncia de Kellen Kris Alves Flores Brito ao cargo de Diretora Executiva de Controle e Riscos

LinkedIn

O BRB comunica que o Conselho de Administração, recebeu o pedido de renúncia da senhora Kellen Kris Alves Flores Brito ao cargo de Diretora Executiva de Controle e Riscos do BRB, com efeitos a partir de 29 de Julho de 2021.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:BSLI3) (BOV:BSLI4), nesta quinta-feira (29). Confira o comunicado na íntegra.

A senhora Kellen Kris permanece na Administração do Conglomerado, à frente da Diretoria de Controle e Riscos da BRB DTVM, concentrando seu trabalho nos desafios referentes à nova atuação do BRB nesse segmento de negócios.

Ato contínuo, o Conselho de Administração designou a senhora Cristiane Maria Lima Bukowitz para responder pela Diretoria Executiva de Controle e Riscos do Banco, cumulativamente às funções que exerce, até a eleição e posse de novo ocupante para o cargo.

À Senhora Kellen Kris Flores Brito, nosso agradecimento pelo empenho dedicado à frente da Diretoria Executiva do BRB, desejando sucesso na continuidade de sua jornada na administração da BRB DTVM.

A BRB pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 12 de agosto

BRB (BSLI4): lucro líquido de R$ 117 milhões no 1T21, aumento de 9%

Apenas no primeiro trimestre deste ano, o Banco de Brasília (BRB) teve lucro líquido de R$ 117 milhões, gerado pelo aumento da margem financeira, devido ao aumento de negócios com cartões de crédito e o controle de inadimplência. Se comparado ao mesmo período do ano passado, que era de R$ 106 milhões, houve um aumento de 9%

O presidente do banco, Paulo Henrique Costa, comemora: “Apesar dos desafios do setor bancário e da maior concorrência, o BRB conseguiu manter níveis superiores de rentabilidade, baixar a inadimplência, cumprir sua função social enquanto banco público e ampliar suas operações, tendo como foco a qualidade no atendimento aos nossos clientes. Atuamos como banco completo, moderno e com foco na inovação”.

Esse valor também de deve pelo desenvolvimento e avanço como banco digital. O cartão Nação BRB FLA, em parceria com o Flamengo, alcançou mais de 550 mil contas abertas, está presente em 39 países e 79% dos municípios brasileiros e em todos os continentes. Somadas às demais contas, o banco encerrou o trimestre com quase 1 milhão de clientes, o que representa um crescimento de 47%.

carteira de crédito ampla chegou a R$ 17,2 bilhões, com crescimento de 42,7% em 12 meses e de 6,3% no trimestre. Os números levaram o BRB à manutenção da liderança no financiamento imobiliário no DF e à sexta posição no Brasil. A cada duas operações de crédito imobiliário no DF, praticamente uma é realizada com o BRB.

Outros destaques foram a concessão de crédito a empresas, com saldo de R$ 1,5 bilhão e evolução de 139,4% em 12 meses e 8,7% no trimestre, e o crédito consignado, principal produto da carteira de crédito para pessoa física, cujo saldo alcançou R$ 8,4 bilhões com crescimento de 26,2% em 12 meses e de 3,2% no trimestre.

inadimplência encerrou o primeiro trimestre deste ano em 1,44%, redução de 0,16 ponto percentual em relação ao primeiro trimestre de 2020. Com o desempenho apresentando, o BRB permanece abaixo da média de mercado, de 2,19%. Os ratings de menor risco de AA-C atingiram o patamar de 95,8% de participação na carteira em março.

Deixe um comentário