Gafisa: vendas atingiram R$ 201 milhões no 2T21 e R$ 364 milhões no 1º semestre desse ano

LinkedIn

A Gafisa comunica ao mercado a prévia de seus resultados operacionais referentes ao 2º trimestre de 2021, bem como a performance acumulada dos indicadores de vendas, lançamentos e movimentação de estoque.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:GFSA3) nesta segunda-feira (19). Confira o documento na íntegra.

As vendas atingiram R$ 201 milhões no 2º trimestre de 2021 e R$ 364 milhões no 1º semestre desse ano, um crescimento expressivo na comparação com os mesmos períodos de 2020. No 2º trimestre, com a redução das restrições sanitárias, a companhia reforçou sua presença no mercado com lançamentos e pré lançamentos que totalizam no R$ 809 milhões.

Valor correspondente a mais da metade do guidance para o ano. Nos últimos 12 meses a Gafisa lançou R$ 1,2 bilhão, contratou mais de R$ 698 milhões em vendas líquidas e atingiu 36,9% de VSO no trimestre.

Esses valores são os maiores desde o 1º trimestre de 2019 e reforçam o compromisso da administração com o crescimento sustentável das vendas e do lucro.

As vendas brutas atingiram R$ 201 milhões e R$ 364 milhões no 2º trimestre e no 1º semestre de 2021 respectivamente. Esses valores representam um crescimento de 386% e 354% na comparação com os mesmos períodos do ano de 2020.

As vendas líquidas atingiram R$ 180 milhões e R$ 309 milhões no 2º trimestre e no 1º semestre de 2021 respectivamente. Esses valores representam um crescimento de 806% e 538% na comparação com os mesmos períodos do ano de 2020.

No 2º trimestre de 2021, entre lançamentos e pré lançamentos, a companhia atingiu o valor de R$ 809 milhões, desses, R$ 563 milhões na participação. A Gafisa ratifica o compromisso com o mercado de lançar de R$ 1,5 bilhão em 2021. Os pré lançamentos contam com estande operando e campanhas no ar.

No 2º trimestre de 2021 o estoque de unidades da companhia cresceu 22% com relação ao trimestre anterior. A distribuição por região demonstra aderência a estratégia da companhia e os empreendimentos da nova safra já representam em torno de 40% do estoque, enquanto o estoque concluído representa em torno de 25%.

A Gafisa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 16 de agosto.

Lucro líquido de R$ 12,9 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A incorporadora Gafisa reverteu o prejuízo líquido de R$ 25,5 milhões do primeiro trimestre de 2020 e teve lucro líquido de R$ 12,9 milhões.

A receita líquida subiu 137,3% nos três primeiros meses do ano, a R$ 170,1 milhões.

Mesmo sem lançamento de projetos, a Gafisa teve alta de 350,8% nas vendas líquidas, a R$ 129 milhões. Já as vendas brutas subiram 320,4%, para R$ 162,9 milhões, já os distratos tiveram alta de 235%, para R$ 33,9 milhões.

A Gafisa possui três projetos em fase de pré-comercialização, com um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 546,1 milhões; os lançamentos começarão a ser feitos no fim deste mês.

O principal deles será desenvolvido no bairro paulistano do Campo Belo, com VGV de R$ 300 milhões. Os lançamentos começarão a ser feitos no fim deste mês. A companhia mantém a meta de apresentar ao mercado entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,7 bilhão neste ano.

Deixe um comentário