Nova Transportadora do Sudeste assumirá a operação e a manutenção dos gasodutos de transporte de gás da companhia

LinkedIn

A Nova Transportadora do Sudeste passará a exercer diretamente as atividades de operação e manutenção dos gasodutos de transporte de gás de sua propriedade, até então executadas pela Transpetro com base em Contrato de Serviços de Apoio Técnico ao Transporte de Gás.

A Transição Operacional está prevista para ocorrer entre os dias 28 de julho de 2021 e 04 de agosto de 2021, consistindo em processo estratégico, cuidadosamente planejado e conduzido pela NTS, que inclui, dentre outras iniciativas, a gestão, estruturação e apoio de todas as áreas internas da NTS para realização da Transição Operacional de forma segura, em conformidade com a legislação aplicável e os padrões e boas práticas da indústria de gás natural; contratação de mais de 150 novos empregados; realização de obras de manutenção e segurança da malha de gasodutos da NTS, bem como a criação de novas instalações, entre bases operacionais, de apoio e centros de controle e backup; realização de treinamentos teóricos e capacitação prática da força de trabalho da Companhia; e desenvolvimento de plataformas eletrônicas para garantir a eficiência no atendimento a múltiplos carregadores.

A Transição Operacional foi objeto de expressa anuência da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP, que atestou a qualificação técnica da NTS para atuar como operadora direta dos seus gasodutos.

A Companhia acredita que a Transição Operacional representa um passo relevante que reforça o seu compromisso com o processo de abertura do mercado de gás natural, estimulando a almejada competitividade e liquidez deste mercado.

Por fim, cabe ressaltar que a Transição Operacional não representará qualquer impacto ou alteração nos contratos de Transporte de Gás celebrados entre a NTS e a Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras atualmente em vigor.

A Companhia manterá o mercado informado acerca da efetiva ocorrência da Transição Operacional e outros andamentos relevantes relacionados ao assunto aqui tratado

Deixe um comentário