Petróleo fecha em queda com as preocupações de que a alta dos casos de covid-19 pode desacelerar a recuperação global

LinkedIn

Os preços de petróleo enfraqueceram nesta segunda-feira, com as preocupações de que a alta dos casos de covid-19 pode desacelerar a recuperação global, enquanto os grandes produtores disputam sobre os níveis de produção.

A disseminação das variantes de coronavírus e o acesso desigual às vacinas ameaçam a retomada. Fora isso, os casos da doença estão subindo e mesmo os EUA registraram a maior alta de contaminação desde maio recentemente, devido à transmissibilidade maior da cepa Delta, que já é predominante no país.

Sem contar com a ajuda do dólar, que sobe (DXY em +0,15%), os preços da commodity não fecharam muito longe das altas por causa dos estoques baixos, mas a volatilidade deve permanecer até que o impasse na Opep+ esteja resolvido.

O barril do tipo Brent para setembro fechou em queda de 0,52%, a US$ 75,16, na Ice londrina; o do WTI para agosto recuou 0,62%, a US$ 74,10, na Nymex.

(Com informações da CNBC e BDM)

Deixe um comentário