Fechamento Ibovespa: Bolsa termina em queda de -0,66% + todos os destaques de hoje (10/08/2021)

LinkedIn

A Bolsa de valores de São Paulo (B3) encerrou o dia em queda de -0,66%, aos 122.202,47 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 122.061,47  e na máxima 123.512,77 pontos. O volume financeiro foi de R$ 26,7 bilhões.

O Ibovespa fechou em queda após um dia de turbulências políticas e dados da inflação acima do esperado pelos investidores. A votação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) do voto impresso e o desfile militar em Brasília repercutiram negativamente no mercado.

A ata da última reunião do Copom, divulgada hoje (10), mostrou que o Banco Central já planeja aumentos sucessivos da taxa Selic com o objetivo de manter a inflação de 2021 dentro da meta de 3,75%, com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos. O IPCA de julho, também publicado nesta terça-feira, avançou 0,96% no mês e 8,99% no acumulado dos últimos 12 meses.

Em Wall Street, o dia foi de avanços para o Dow Jones e S&P 500, impulsionados pela aprovação no Congresso norte-americano do pacote de infraestrutura de US$ 1 trilhão do presidente Joe Biden, e também pela alta do preço do petróleo, que fez as ações do setor de energia subirem.

O dólar fechou o dia com queda de 0,96%, a R$ 5,1967 na venda, um reflexo das intenções do Banco Central de manter o ritmo de crescimento da taxa Selic, aumentando assim o diferencial de juros entre o Brasil e o exterior.

➡️ Veja o fechamento desta terça-feira:

🇧🇷 IBOV: -0,66% / 122.202 pts
🏢 IFIX: -0,51% / 2.755 pts
💵 Dólar: -0,96% / R$ 5,1967
💶 Euro: -1,11% / R$ 6,0896
💰Bitcoin: +0,04% / R$ 236.593

🇺🇸 Nova York
Dow Jones: +0,46% / 35.264 pts
S&P 500: +0,10% / 4.436 pts
Nasdaq: -0,49% / 14.788 pts

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
02/08/2021  0,59%  122.515,74 R$ 28,4 bilhões
03/08/2021 0,86% 123.576,56 R$ 31,7 bilhões
04/08/2021 -1,43% 121.801,21 R$ 29,9 bilhões
05/08/2021 -0,13 121.632,92 R$ 37,7 bilhões
06/08/2021   0,97%  122.810,36 R$ 23 bilhões
09/08/2021   0,17%  123.019,38 R$ 25,6 bilhões
10/08/2021  -0,66%  122.202,47   R$ 26,7 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

PRIO3: +6,48% a R$ 18,72
EMBR3: +3,27% a R$ 19,60
USIM5: +2,70% a R$ 22,10
GGBR4: +2,52% a R$ 31,74
GOAU4: +1,61% a R$ 14,53

  • BAIXAS IBOVESPA

IGTA3: -3,74% a R$ 38,36
ENEV3: -3,35% a R$ 16,72
CCRO3: -2,89% a R$ 12,43
LAME4: -2,73% a R$ 6,42
LCAM3: -2,69% a R$ 25,33

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

Confira os destaques corporativos de hoje:

Alupar (ALUP11)

A Alupar, empresa que atua em geração e transmissão de energia elétrica, teve lucro líquido atribuído aos sócios da empresa de R$ 332 milhões no segundo trimestre de 2021, 321% acima frente os R$ 79 milhões de igual período do ano passado.

Arezzo (ARZZ3)

A Arezzo informa que sua subsidiária ZZAB Comércio de Calçados celebrou contrato com Bruno Costa Cassemunha Karra, Lucas Costa Cassemunha Karra, Celso José Maria Ribeiro Neto e Fernando Frizatti Gonçalves para aquisição da totalidade das quotas representativas do capital social da Baw Clothing Indústria e Comércio de Vestuários. Saiba mais…

Blau Farmacêutica (BLAU3)

A Blau teve lucro de R$ 99 milhões no segundo trimestre, 35% acima frente igual período de 2020. Já a receita líquida subiu 15%, para R$ 371 milhões.

BR Partners (BRBI11)

O banco de investimento BR Partners divulgou há pouco seu primeiro balanço como companhia aberta listada na B3. O lucro líquido foi de R$ 35 milhões no segundo trimestre, expansão de 47% ante o mesmo período do ano passado e de 12,9% na comparação com o primeiro período de 2021. Saiba mais…

BTG Pactual (BPAC11)

O BTG Pactual encerrou o segundo trimestre de 2021 com lucro líquido ajustado de R$ 1,719 bilhão, representando um crescimento de 74% em relação ao resultado do mesmo período do ano passado, que foi de R$ 987 milhões. Frente ao trimestre imediatamente anterior, o lucro líquido ajustado subiu 43,6%.

Cosan (CSAN3)

A Compass comunica que a B3 deferiu o pedido de listagem e admissão à negociação das ações ordinárias de emissão da Companhia em seu segmento básico de listagem. Saiba mais…

Direcional (DIRR3)

A Direcional apresentou lucro líquido de R$ 40,688 milhões no segundo trimestre de 2021, o que representa crescimento de 20,0% em relação ao mesmo período de 2020. Saiba mais…

Embraer (EMBR3)

A Embraer concluiu um acordo de venda de 16 novas aeronaves E175 para a SkyWest para operar na rede da Delta Air Lines. O valor do contrato, que será incluído na carteira de pedidos (backlog) da fabricante brasileira do terceiro trimestre de 2021, é de US$ 798,4 milhões, com base nos atuais preços de lista. Saiba mais…

Even (EVEN3)

lucro líquido da Even Construtora e Incorporadora cresceu 102%, no segundo trimestre, na comparação anual, para R$ 54 milhões. O retorno sobre o patrimônio (ROE atualizado) foi de 17%. Saiba mais…

Fras-le (FRAS3)

A fabricante de peças automotivas do grupo Randon, registrou lucro líquido de R$ 44,9 milhões no segundo trimestre, avanço de 220,8% na comparação anual. A receita líquida somou R$ 599,1 milhões, salto de 113,9% na base anual. Após os dados, a companhia revisou para cima as projeções para 2021.

Grupo Mateus (GMAT3)

Com sede no Maranhão e exibindo números que o tornam um gigante do varejo nacional, o Grupo Mateus foi uma das principais aberturas de capital do ano passado e mobilizou todos os grandes nomes da Faria Lima, em operação liderada pela XP. O resultado foi uma das maiores ofertas de ações na Bolsa brasileira: a estreia movimentou R$ 4,6 bilhões e mostrou que a B3 ainda tem muito o que descobrir Brasil afora. Saiba mais…

Iguatemi (IGTA3)

A rede Iguatemi, dona de 14 shopping centers, dois outlets e três torres comerciais, apresentou lucro líquido de R$ 279 milhões no segundo trimestre de 2021, montante seis vezes maior do que no mesmo período de 2020. Saiba mais…

Itaúsa (ITSA3)

A Itaúsa apresentou lucro líquido de R$ 3,514 bilhões no segundo trimestre deste ano, alta de 487,1% em relação ao mesmo período de 2020. O lucro líquido recorrente foi de R$ 2,855 bilhões, avanço de 99%.

Klabin (KLBN11)

A Klabin registrou lucro líquido de R$ 719 milhões no segundo trimestre de 2021, ante prejuízo de R$ 383 milhões no mesmo período de 2020 e com alta de 71% frente os R$ 421 milhões registrados entre janeiro e março deste ano.

Melnick (MELK3)

A Melnick lucrou R$ 12,32 milhões no segundo trimestre, queda de cerca de 45% ante o lucro de R$ 22,35 milhões registrado em igual período do ano passado.

Minerva Foods (BEEF3)

A Minerva Foods registrou lucro líquido de R$ 116,7 milhões no segundo trimestre de 2021. O valor representa queda de 54% ante o lucro de R$ 253,4 milhões reportado em igual período de 2020. Saiba mais…

Mitre (MTRE3)

A incorporadora Mitre teve lucro líquido de R$ 21,2 milhões no segundo trimestre, alta de 113% ante o mesmo período de 2020.

Mobly (MBLY3)

A Mobly teve prejuízo de R$ 17 milhões no primeiro trimestre deste ano, 124% acima do registrado em igual período de 2020.

Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras comunicou o início da fase vinculante referente à venda, em conjunto com a Sonangol, da totalidade da participação de ambas as empresas no bloco exploratório terrestre POT-T-794, pertencente à concessão BT-POT55A, localizada na Bacia Potiguar (RN). Saiba mais…

Petz (PETZ3)

A Petz registrou lucro líquido de R$ 21,6 milhões no segundo trimestre de 2021, alta de 109%. O lucro líquido da companhia deu um salto de 197%, para R$ 18,25 milhões, na comparação com o mesmo período de 2020. Os dados consideram os impactos da norma contábil IFRS16. Excluindo o impacto, o lucro líquido cresceu 109%, para R$ 21,6 milhões. Saiba mais…

Raízen (RAIZ4)

A Raízen e sua controlada Raízen Energia, comunicam que foram celebrados 2 novos acordos comerciais para venda de 460 milhões de litros de etanol celulósico (“E2G”) para entrega nos próximos 9 anos. Saiba mais…

São Martinho (SMTO3)

A companhia de açúcar e etanol São Martinho reportou lucro líquido de R$ 190,1 milhões no primeiro trimestre fiscal de 2021/22, alta de 64,3% na comparação anual, em período que a empresa obteve maior preço médio na venda de todos os seus produtos. Saiba mais…

Sequoia (SEQL3)

A Sequoia Logística e Transportes teve lucro líquido de pouco mais de R$ 3 milhões no segundo trimestre, ante o prejuízo de R$ 8 milhões em igual período do ano passado.

A Sequoia fechou contrato com a Gigahub para a criação de uma nova empresa, que será controlada pela própria Sequoia. A nova empresa terá como objeto a prestação de serviços logísticos mediante disponibilização de pontos de pick-up e drop-off (PUDOs) e operação logística dos serviços de entrega e devolução, e o desenvolvimento de atividades relacionadas. Saiba mais…

TIM (TIMS3)

A empresa TIM avalia como inapropriado o uso do termo “5G” na publicidade das operadoras de telefonia por entender que “a tecnologia de quinta geração só estará disponível após leilão de frequências a ela destinada”. A manifestação da operadora ocorre após o Ministério da Justiça instaurar processo administrativo contra a TIM por indícios de infração ao Código de Defesa do Consumidor. Saiba mais…

Outras notícias e comunicados

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições o aumento de participação acionária pela Caixa Econômica Federal no capital social da bandeira de cartões Elo. O aumento ocorrerá por meio da compra de ações detidas pelo Bradesco. Saiba mais…

Votorantim Cimentos registrou lucro líquido de R$ 692 milhões no segundo trimestre de 2021, revertendo prejuízo de R$ 153 milhões registrado no mesmo período do ano passado. Saiba mais…

Atacadão informou hoje que seu conselho de administração elegeu Marco Aparecido de Oliveira para o cargo de presidente da companhia, em substituição a José Roberto Meister Müssnich. Veja o comunicado.

(Com informações do Forbes Money e Momento b3)

Deixe um comentário