ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Petróleo fecha em alta com trégua da variante Delta e dólar

LinkedIn

Os preços dos contratos futuros de petróleo interromperam uma sequência de sete sessões seguidas em queda – a maior perda consecutiva desde 2019 – e terminaram o dia com mais de 5% de alta, depois que as preocupações com a variante Delta do coronavírus deram uma trégua e o enfraquecimento do dólar apoiou os ganhos.

A desvalorização do dólar torna commodities denominadas na moeda norte-americana mais atrativas para detentores de outras divisas e acontece em um momento no qual membros do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) começam a sinalizar com uma visão mais favorável à manutenção de uma política mais acomodatícia em face dos riscos da variante Delta.

O aumento de casos de pessoas infectadas pela cepa detectada inicialmente na India tem levado alguns governos a readotarem medidas mais restritivas para conter a disseminação. A China, o maior importador de petróleo do mundo, retomou a política de tolerância zero contra o novo coronavírus, que está afetando o transporte marítimo e as cadeias de abastecimento globais.

“Depois de todo o drama do final da semana passada e depois que as pessoas conseguiram colocar as coisas em perspectiva, parece que o mercado de petróleo ganhou uma sobrevida. Na semana passada, parecíamos preocupados demais com o aumento de casos de covid-19 e agora parecemos estar voltando ao otimismo sobre o crescimento econômico e o estímulo contínuo”, disse o analista sênior de mercado do The Price Futures Group, Phil Flynn.

Com isso, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para outubro subiu 5,63%, cotado a US$ 65,64 o barril. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para o mesmo mês avançou 5,52%, cotado a US$ 68,78 o barril.

(Com informações do Tc e CMA)

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock