Camil: Cade aprova compra da empresa de massas Santa Amália

LinkedIn

A Camil comunicou que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra da empresa de massas Santa Amália pela companhia.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CAML3) nesta segunda-feira (27).

Em agosto, a Camil havia anunciado a aquisição por R$ 260 milhões, além de assumir o endividamento da mineira de R$ 150 milhões.

Segundo o documento entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na época, a Amália é uma das companhias mais tradicionais do país, com liderança em Minas Gerais. A operação marca a entrada da Camil neste segmento.

Neste mês, a empresa também fechou um acordo com a JDE Brasil, dona do Pilão, para comprar as marcas de café compostas pelo termo “Seleto” registradas no Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (Inpi). O valor da operação não foi revelado.

Camil Alimentos anuncia compra da Santa Amália por R$ 260 milhões

A Camil Alimentos anunciou a compra da Santa Amália, empresa controlada da Alicorp, por R$ 260 milhões. A empresa é uma das companhias de massas mais tradicionais e renomadas do Brasil, incluindo liderança no Estado de Minas Gerais (MG), com marcas de destaque na categoria de massas e um portfólio completo de marcas premium e de ocupação na categoria.

“A complementariedade geográfica, com liderança em região com potencial de crescimento para as categorias atuais da Camil e seu posicionamento com potencial de crescimento nacional, reforça a estratégia da companhia de aquisições. A operação representa um importante passo para a diversificação e entrada em novas categorias e expansão geográfica no Brasil”, afirma a Camil.

Informações Trademap

Deixe um comentário