Americanas: 3G abre mão do controle da companhia para incorporar empresas

LinkedIn

A Lojas Americanas e a Americanas (antiga B2W) divulgaram em conjunto que, seus administradores assinaram o Protocolo e Justificação da incorporação da primeira pela segunda. Com a reorganização, o atual controlador da Lojas Americanas (Grupo 3G, que detém atualmente 53,2% do capital votante) passará a ser um acionista de referência com 29,2% do capital da Americanas, abrindo mão do controle.

O estatuto social da Americanas incluirá “poison pill” com trigger de 15%, como forma de proteger toda a base acionária e bloquear concorrentes.

A operação prevê a consolidação das bases acionárias de Lojas Americanas e Americanas em uma única companhia listada no Novo Mercado da B3. Com isso, será eliminado o desconto de holding das ações LAME3 e LAME4 e haverá aumento da liquidez da AMER3. Cada acionista de LAME3 e LAME4 receberá 0,186 ação de AMER3.

A administração de Lojas Americanas (BOV:LAME3) (BOV:LAME4) pretende, após a divulgação dos resultados do terceiro trimestre, prevista para o próximo dia 11, até a data das assembleias gerais convocadas para aprovação da Incorporação, utilizar saldo de caixa de R$ 200,377 milhões para adquirir ações adicionais de Americanas (BOV:AMER3) no mercado, do free float.

O protocolo de justificação estabelece os termos e condições gerais da combinação das suas bases acionárias, junto com a convocação, pelos conselhos de administração das companhias, de suas respectivas assembleias gerais de acionistas, para aprovar a incorporação, ainda sem data definida.

Informações Broadcast

Deixe um comentário